Menu

Teoria da Forma Visual - Design - Sem Ramos - Especialidades


4.0
ECTS / UC
Ano: 1 / 1º Semestre
Plano: 2016/17
Área Científica: CAT
Nível: Básico

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico: 24.00
Ensino Teórico-Prático: 24.00
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo:
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Design - Sem Ramos - Especialidades 2016/17
Artes Visuais - Sem Ramos - Especialidades 2017/18

Corpo Docente

Vítor Manuel Ornelas Magalhães
Vítor Manuel Ornelas Magalhães


Responsabilidades:
Regência
Responsável pelas Pautas
Ensino teórico
Ensino teórico-prático

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

No final do semestre, o aluno deverá ser capaz de:

1 - Reconhecer e compreender noções, conceitos e vocabulário fundamental, no âmbito da teoria da forma visual

2 - Analisar e interpretar as relações entre os diversos elementos visuais, assim como a sua importância na comunicação visual.

3 - Participar ativamente nas discussões e debates em torno da análise de imagens.

4 - Desenvolver pesquisa no âmbito do estudo da imagem.

Critérios de avaliação

- Avaliação contínua (20%);

- Apresentação 1 (grupo de 2 alunos - 10%);

- Grelha de identificação e análise de imagens (individual - 10%) + Frequência (30%);

- Apresentação 2 (grupo de 2 alunos - 20%);

- Outras atividades (10%).*

         * Assistência a conferências e eventos organizados pelo Departamento de Arte e Design, ou por outro departamento, ou, ainda, em âmbitos externos à Universidade da Madeira. O aluno deverá entregar um comprovativo de assistência aos eventos inseridos neste apartado ou, quando tal não é possível, assinar uma folha de presenças. O docente pode, em alguns casos, exigir um pequeno relatório sobre a atividade.

Programa resumido (ver programa detalhado)

1. Introdução à teoria da forma visual.

2. Fundamentos da perceção visual.

3. Forma e Campo visual.

4. Ontologia, tipologias e funções da imagem.

5. Imagem e signo.

6. Imagem e representação. (*)

 

(*) Conteúdos direcionados para o curso de Artes Visuais.

Bibliografia Principal

Albers, Josef (2012). Interaction of Colors. New Haven & London: Yale University Press.
Arnheim, Rudolf (1989). Intuição e intelecto na  Arte. São Paulo: Martins Fontes.
Aumont, Jacques (2009). A imagem. Lisboa: Edições Texto & Grafia.
Berger, John (s/d). Modos de ver. Lisboa: Editorial Gustavo Gili.
Dondis, D. A (1976). La sintaxis de la imagen. Introducción al alfabeto visual.Barcelona:  Gustavo Gili.
Eco, Umberto (1976). Obra Aberta. Forma e indeterminação nas poéticas contemporâneas.  São Paulo: Perspectiva.
Elkins, James (1996). The Object Stares Back. On The Nature of Seeing. San Diego:  Harvest Book.
Gombrich, E. H. (1986). Arte e Ilusão: Um estudo da psicologia da representação pictórica. São Paulo,
Martins Fontes.
Joly, Martine (1999). Introdução à análise da imagem. Lisboa: Edições 70.
Leborg, Christian (2016). Gramática Visual. Barcelona: Gustavo Gili.
Villafañe, J. (2006). Introducción a la teoria de la imagen. Madrid: Ediciones Piramide.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

ALISON, Jane (2005). Color After Klein. Re-thinking color in Modern and Contemporary Art. London: Black Dog Publishing/Barbican Gallery.

ARNHEIM, Rudolf (1989). Intuição e intelecto na Arte. São Paulo: Martins Fontes.

BERGER, John (s/d). Modos de ver. Lisboa: Editorial Gustavo Gili.

CAIRES, Celso (s/d). ?A organização visual segundo a perspectiva gestáltica?, em http://dedsign.wordpress.com/textos/a-organizacao-visual-segundo-a-perspectiva-gestaltica/

DONDIS, Donis A. (2003). Sintaxe da Linguagem Visual. São Paulo: Martins Fontes. [1973]. Online: http://pt.slideshare.net/guest5f2981b5/sintaxe-da-linguagem-visual-donis-a-dondis-72dpi

ELKINS, James (1996). The Object Stares Back. On The Nature of Seeing. San Diego:  Harvest Book.

GAGE, John (1999). Color and Meaning. Art, Science and Symbolism. London: Thames & Hudson.

GOLIOT-LETÉ, Anne et. al (2011). Dicionário de imagem. Lisboa: Edições 70.

GOMBRICH, E. H. (1986). Arte e Ilusão: Um estudo da psicologia da representação pictórica. São Paulo, Martins Fontes.

HUYGUE, René (1986). O Poder da Imagem. Lisboa: Edições 70.

KANDINSKY, Wassily (1987). Ponto, linha e plano. Lisboa: Edições 70.

MARSHALL, Lindsey; MEACHAM, Lester (2010). How to Use Images. London: Laurence King Publishing.

PANOVSKY, Erwin (1989). O Significado nas Artes Visuais. Lisboa: Editorial Presença.

PASTOUREAU, Michel (1997). Dicionário das cores do nosso tempo. Simbólica e sociedade. Lisboa: Editorial Estampa.

PLATÃO (2002). A República. Lisboa: Esquilo.

VILLAFAÑE, J. (2006). Introducción a la teoria de la imagen. Madrid: Ediciones Piramide. [1982]

WONG, Wucius (1998). Princípios de Forma e Desenho. São Paulo: Martins Fontes. In http://www.scribd.com/doc/229469945/Princi-pios-de-Forma-e-Desenho-Wucius-Wong-compartilhandodesign-wordpress-com-pdf

Atendimento

O horário de atendimento ao longo do semestre será às terças-feiras das 11h às 13h no gabinete do docente, no piso -1, corredor de Arte e Design, porta 01.63. O docente deverá ser notificado, via e-mail, sobre o assunto a ser tratado, com uma antecedência mínima de 24 horas.

Links associados

Observações

Será fornecido aos alunos, no início do semestre, um documento pdf no qual constará os conteúdos das propostas de trabalho e outras informações relevantes sobre a UC.

Fórum

Ligação ao Fórum Teoria da Forma VisualLink Externo