Menu

Fundamentos do Conhecimento Científico (ed. 2011/12) - Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades


7.5
ECTS / UC
Ano: 1 / 1º Semestre
Plano: 2011/12
Área Científica: CSO
Nível: Básico

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico: 80.00
Ensino Teórico-Prático:
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo:
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades 2011/12

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

1 Compreender a situação demográfica e de saúde das populações.

2 Compreender a finalidade, os objectivos e os métodos epidemiológicos.

3 Conhecer os aspectos básicos da pesquisa científica.

4 Conhecer os aspectos básicos da metodologia da investigação.

5 Compreender os pricípios teóricos e os aspectos práticos da estatística e probabilidade.

6 Desenvolver competências relativas aos procedimentos de inferirência de uma amostra para a população (decisão sobre hipóteses, estimação de parâmetros populacionais a partir das características amostrais relevantes, comparação de populações,...).

7 Desenvolver competências de utilização e de aplicação de um software estatístico (SPSS ou PASW, por exemplo) na análise estatística.

8 Compreender as finalidades e objectivos das tecnologias de comunicação e de informação na enfermagem.

9 Aplicar tecnologias de comunicação e informação à enfermagem.

Critérios de avaliação

Tipo de Classificacao: Quantitativa (0-20)
Modelo de Avaliação: A
Metodologia de Avaliação: 1 frequência individual para avaliar os conhecimentos adquiridos pelo aluno. 1 trabalho de grupo de síntese com apresentação oral; a assiduidade tem em vista a avaliação dos objectivos de aprendizagem e a confirmação das competências. Assim, o estudante deve participar em 75% das actividades desenvolvidas em sala que envolvem trabalhos de discussão em grupo (10% do peso da avaliação). 1 frequência individual para avaliar os conhecimentos adquiridos pelo aluno. 1 trabalho escrito com apresentação oral. O estudante deverá comparecer em, pelo menos, 75% das horas dedicadas às sessões lectivas presenciais para aceder às provas de avaliação. A não participação em 75% implica a reprovação na unidade curricular e a não recuperação da classificação em avaliação em época de recurso ou especial.

Programa resumido (ver programa detalhado)

Bibliografia Principal

American Psichological Association (2010). Publication manual of the American Psichological Association.. APA..
Creswell, John W. (2009). Research design: qualitative, quantitative and mixed methods approaches.. Sage Publications..
Denzin, Norman, K. Lincoln, Yvonna S. (2007). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Artmed.
Engel, Rafael, J. Schutt, Russel K. (2005). The practice of research in social work.. Sage Publications..
Fortin, Marie-Fabienne (1999). O Processo de investigação: Da Concepção à Realizaçã. Lusociência.
Gauthier, Benoît (2003). Investigação social. Da problemática à colheita de dados.. Lusociência..
Glesne, Corrine (2006). Becoming qualitative researchers: an introdution. Pearson..
Grinnel Jr., Richard M.; Unrau Yvonne A. (2005). Social work research and evaluation: quantitative and qualitative approaches. Oxford University Press..
H. Sampieri, Roberto; H. Collado, Carlos, Lucio, P. Baptista (2006). Metodología de la investigación. Interamericana..
L. Hébert, Michelle, Goyette, Gabriel, Boutin, Gérald B (2005). Investigação Qualitativa: Fundamentos e Práticas. Instituto Piaget..
Polit Denise F., Hungler, Bernardette P. (1994). Investigación Científica en Ciencias de la Salud.. interamericana McGraw-Hill..
Bardin, Laurence (2008). Análise de conteúdo.. Edicões 70.
Bloomberg, Linda Dale, Volpe, Marie (2008). Completing your qualitative dissertation: a roadmap from begining to end. Sage Publications.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

Lakatos, Eva Maria; Marconi, Marina de Andrade (1992). Metodologia científica. Editora Atlas..
Polit Denise F, Hungler, Bernardette P. (1995). Fundamentos de pesquisa em Enfermagem.. Artes Médicas.
Quivy, Raymond, Campenhoudt, Luc Van (2005). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Gradiva.
Richardson, Roberto Jarry, et al. (1989). Pesquisa social: Métodos e técnicas.. Atlas.
Sierra Bravo, R. (2005). Técnicas de investigación social: teoria y ejercicios. Thomson.
Silva, Augusto Santos, Pinto, José Madureira (2005). Metodologias das Ciências Sociais. Editora Afrontamento.
Stewart, David W.; Shamdasani Prem N., Rook, Dennis W. (2009). Focus groups: theory and practice. Sage Publications..
Wasserman, Stanley, Faust, Katherine (2009). Social network analysis: methods and applications. Cambridge University Press..

Atendimento

Links associados

Observações