Menu

Prática Clínica I: Prática de Cuidados na Comunidade ao Adulto e Geronte (ed. 2011/12) - Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades


15.0
ECTS / UC
Ano: 2 / 2º Semestre
Plano: 2011/12
Área Científica: ENF
Nível: Básico

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico:
Ensino Teórico-Prático:
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo: 288.00
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades 2011/12

Corpo Docente

Alexandra Paula Costa Freitas
Alexandra Paula Costa Freitas


Responsabilidades:
Trabalho de campo
Isabel Maria dos Santos Carvalho Gomes da Silva
Isabel Maria dos Santos Carvalho Gomes da Silva


Responsabilidades:
Trabalho de campo
Otília Maria da Silva Freitas
Otília Maria da Silva Freitas


Responsabilidades:
Regência
Responsável pelas Pautas
Teresa Maria Soares Espírito Santo
Teresa Maria Soares Espírito Santo


Responsabilidades:
Trabalho de campo

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

1 Prestar cuidados de enfermagem a utentes adultos e idosos na comunidade.

2 Planear a prática clínica em função das suas necessidades e expectativas.

3 Relatar a aprendizagem.

4 Elaborar um estudo de caso.

Critérios de avaliação

Tipo de Classificacao: Quantitativa (0-20)
Modelo de Avaliação: C
Metodologia de Avaliação: Projecto e relatório de aprendizagem em prática clínica (25%); estudo de caso/ processo de enfermagem (25%); prática clínica (50%) - avaliação contínua. A aprovação da unidade curricular implica aprovação na componente prática clínica. Não há recuperação em época de recurso.

Programa resumido (ver programa detalhado)

Bibliografia Principal

Adminstração Central do Serviço de Saúde (2008). Manual de Normas de Enfermagem. Procedimentos técnicos. Ministério da saúde.
Barón, M. González e outros (s.d.). Tratado de medicina paliativa y tratamiento de soporte en el enfermo con câncer. Panamericana.
Burke, Karen; Lemone, Priscilla (2004). Medical Surgical Nursing. Critical Thinking in Client Care. Pearson.
Brunner & Suddarth (1999). Tratado de enfermagem medico-cirurgica. Guanabara Koogan.
Corbett, Jane Vicent, et al. (2000). Laboratory tests and diagnostic procedures. Prentice hall health.
Doenges, M.E.; Moorhouse, M. F.; Murr, A. C. (2002). Nursing Care Plans: Guidelines for individualizing patient care. F.A. Davis Company.
Grodner, Michele; Anderson, Sara L. Deyoung, Sandra (2000). Foundations and clinical applications of nutrition a nursing approach. Mosby.
Hegstad, Lorrie N.; Hayek, Wilma (2000). Essential Drug dosage calculations. Prentice Hall.
Lynn; Dianne; Phillips (2001). Manual de terapia intravenosa. Artmed.
Ordem dos Enfermeiros (2005). Classificação Internacional para a prática de Enfermagem. Versão 1.0. (Versão Oficial Portuguesa). Ordem dos Enfermeiros.
Otto , Shirley (2000). Enfermagem oncológica. Lusociência.
Carpenito, L. (2002). Planos de cuidados de enfermagem e documentação: diagnósticos de enfermagem e problemas colaborativo. Artmed Editora.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

Atendimento

Links associados

Observações