Menu

Bioquímica Ambiental - Biologia - Sem Ramos - Especialidades


6.0
ECTS / Credit Units
Year: 3 / 2º Semestre
Plan: 2015/16
Scientific Area: BIQ
Level: Avançado

Semestral Hour Load

Theorical:
Theorical-Pratical: 32.00
Pratical and Laboratorial: 42.00
Fieldwork:
Seminar:
Internship:
Tutorial:

 

Assigned Internship Hours:
Assigned Projects Hours:
Assigned Fieldwork Hours:
Assigned Study Hours:
Assigned Evaluation Hours:
Others:

Degree having this Course

Degree - Branch Degree Plan Year
Biologia - Sem Ramos - Especialidades 2015/16
Bioquímica Aplicada - Sem Ramos - Especialidades 2007/08

Teaching Staff

Docente a Contratar FCV
Docente a Contratar FCV


Responsibilities:
Ensino teórico-prático
Ensino prático e laboratorial
Miguel Ângelo Almeida Pinheiro de Carvalho
Miguel Ângelo Almeida Pinheiro de Carvalho


Responsibilities:
Regência
Responsável pelas Pautas
Ensino teórico-prático
Ensino prático e laboratorial

Course Information

Course Objectivs

A Unidade Curricular (UC) tem por objectivo: leccionar conteúdos que permitam adquirir conhecimentos, sobre problemas actuais da Bioquímica Ambiental, e desenvolver competênciasna avaliação e diagnóstico de fenómenos biológicos; realçar a importância da Bioquímica e dos métodos bioquímicos na monitorização, avaliação e recuperação de ecossistemas ou na identificação e utilização de organismos resistentes ao stress ou capazes de metabolizar xenobiontes;conferir a capacidade científica e técnica suficiente que permita a aplicação dos conceitos adquiridos e estimular o espírito autodidacta e de autonomia.A UC introduz conceitos avançados sobre a diversidade bioquímica e a bioquímica da adaptação em microorganismos, plantas e  animais. Ao estudante é solicitado que compreenda não só os factos em Bioquímica Ambiental, mas também o desenho experimental subjacente, conheça as aplicações actuais e futuras da disciplina. O estudante adquirirá capacidades na resolução de problemas teóricos e experimentais, e ser-lhe-á solicitado a utilização de tecnologias modernas para adquirir e sistematizar informação da especialidade.

No final da  UC, o estudante terá adquirido conceitos e conhecimentos sobre as metodologias e recursos à sua disposição, que lhe permitem analisar e resolver problemas nesta área das Ciências Biológicas e Bioquímicas. O estudante deverá ainda demonstrar possuir uma ideia sobre os principais conhecimentos e problemas actuais da Bioquímica Ambiental.

 

Evaluation Criteria

Avaliação da disciplina é realizada, através de Testes escritos e provas orais; Trabalhos de pesquisa direccionada e tutórias;  Provas orais; Protocolos experimentais. A avaliação periódica, através de testes escritos (frequências e exames) conta em 50% para a nota final. A avaliação contínua, através de actividades de pesquisa teórica ou trabalho experimental individual ou orientado conta em 50% para a nota final. Os alunos obtêm aproveitamento, apenas após terem cumprido todas actividades lectivas, alvo de avaliação.

Program Resume (get program detail)

Main Bibliography

Alscher, R.G. & Cumming, J.R. (1990). Stress Responses in Plants: Adaptation and Acclimation Mechanisms. Wiley ? Liss. New York.

Fowden, L.; Mansfield, T. & Stoddart, J. (1993). Plant Adaptation to Environmental Stress. Chapman & Hall. London.

Farago, M.E. (1994). Plants and the Chemical Elements. Biochemistry, Uptake, Tolerance and Toxicity. VCH. Weinheim.

Harborne, J.B. (1993). Introduction to Ecological Biochemistry. Academic Press. London. 4th edition.Hochachka, P.W. & Somero, G.N. (1988). Biochemical Adaptation. Princeton Press. Priceton. 2nd edition.Marschner, H. (1995). Mineral Nutrition of Higher Plants. Academic Press. London. 2nd edition.

McKersie, B.D. &  Leshem, Ya.Y. (1994). Stress and Stress Coping in Cultivated Plants. Kluwer Academic Pub. Dordrecht.

Paul, E.A. & Clark, F.E. (1996). Soil Microbiology and Biochemistry. Academic Press. San Diego. 2nd edition. 

Smirnoff  N. (1995). Environment and Plant Metabolism. Flexibility and Acclimation. Bios Scientific Pub. Oxford.

Other Biographical Sources / Support Documents

Alef, K. & Nannipieri, P. (1995). Methods in Applied Soil Microbiology and Biochemistry. Academic Press. London.

Dey, P.M. & Harborne, J.B. (1991). Methods in Plant Biochemistry. Assay for Bioactivity.Academic Press. London.

Ellis, R.J. (1996). The Chaperonins. Academic Press. San Diego.

Hall, D.O.; Scurlock, J.M.O.; Bolhar-Nordenkampf, H.R.; Leegood, R.C. & Long, S.P. (1993). Photosynthesis and Production in a Changing Environment. A Field and Laboratory Manual. Chapman Hall. London.

Salanki, J.; Jeffrey, D.; Hughes, G.M. (1990). Biological Monitoring of the Environment. A Manual of Methods. IUBS. CAB International. 

Publicações Periódicas da Especialidade.

Journal of Plant Physiology.

Physiologia Plantarum.

Plant.

Biochemical Ecology and Systematics. 

Student Support

Horário de atendimento, 4ª feiras das 14h às 14h30m

Associated Links

Comments

Horário de atendimento, 4ª feiras das 14h às 14h30m

Forum

Connect to Forum Bioquímica AmbientalLink Externo