Menu

Prática Clínica IV: Prática de Cuidados de Saúde Mental e Psiquiátrica (ed. 2011/12) - Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades


10.5
ECTS / Credit Units
Year: 3 / 2º Semestre
Plan: 2011/12
Scientific Area: ENF
Level: Intermédio

Semestral Hour Load

Theorical:
Theorical-Pratical:
Pratical and Laboratorial: 201.00
Fieldwork:
Seminar:
Internship:
Tutorial:

 

Assigned Internship Hours:
Assigned Projects Hours:
Assigned Fieldwork Hours:
Assigned Study Hours:
Assigned Evaluation Hours:
Others:

Degree having this Course

Degree - Branch Degree Plan Year
Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades 2011/12

Teaching Staff

Ana Maria Costa Jardim de Azevedo
Ana Maria Costa Jardim de Azevedo


Responsibilities:
Ensino prático e laboratorial
Gilberta Maria França Sousa
Gilberta Maria França Sousa


Responsibilities:
Ensino prático e laboratorial
Isabel Maria Abreu Rodrigues Fragoeiro
Isabel Maria Abreu Rodrigues Fragoeiro


Responsibilities:
Regência
Responsável pelas Pautas
Maria Otília Caires Barreto
Maria Otília Caires Barreto


Responsibilities:
Ensino prático e laboratorial

Course Information

Course Objectivs

O1 To know the community's mental health resources.

O2 To promote the mental health of the person, families and the community, throughout their development.

O3 To prevent mental languish.

O4 To comprehend the impact of pshycological disturbances and mental illness in the satisfaction of the needs of the person and of the families, as well as the significant social groups, throughout the life cycle.

O5 To intervene in the satisfaction of the different needs and healthand nursing problems identified in the patients, families and significant groups, using specific instruments and therapeutical strategies.

O6 To cooperate with the multidisciplinary team in the integration/reintegration of the patients and families in the community.

Evaluation Criteria

Classification Type: Quantitative (0-20)
Evaluation Model: C
Evaluation Methodology: Project and Report learning in clinical practice (25%); Case Study/ Nursing process (25%); Clinical Practice (50%) - continuous evaluation. The approval on the Curricular Unit requires approval in the clinical practice component. There is no possibility of recovery in appeal or special time exam. Attendance - The approval requires that the student participates in 80% of the activities in the clinic context

Program Resume (get program detail)

Main Bibliography

Amaral, António C. (2010). Prescrições de Enfermagem em Saúde Mental mediante a CIPE. Lusociência.
Ajuriaguerra, J. (1991). Manual de Psicopatologia Infantil. Artes Médicas.
O.M.S. (2001). Saúde Mental em redor do Mundo Cuidar sim, excluir não. OMS.
Batista, M. N. (1995). A prevenção das toxicodependências. A importância da Escola. Texto Editora.
Chalifour, J. (2007). A Intervenção Terapêutica. Os fundamentos existencial-humanistas da relação de ajuda. Lusodidacta.
Chalifour, J. (2009). A Intervenção Terapêutica. Estratégias de Intervenção. Lusodidacta.
Cook, J. S. Fontaine, K.L. (1990). Enfermeria Psiquiátrica. McGraw Hill- Interamericana.
Cordo, M. (2003). Reabilitação de pessoas com doença Mental: das famílias para a Instituição da instituição para as fa. Climepsi Editores.
Cuadra, A. R.; Apalategui M. U. (1991). Enfermeria de Salud Mental e Psiquiátrica. Salvat Editores.
Dalgarrondo, Paulo (2007). Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais. Artmed Editora.
Fazenda, Isabel. (2008). O puzzle desmanchado: saúde mental, contexto social, reabilitação e cidadania. Climepsi.
Fernandes, P. (2008). A depressão no idoso. Quarteto Editora.
Filho, H. C. et al (2008). Organização de intervenções preventivas. Coisas de Ler Edições.
Kaplan, H. I. (1990). Compêndio de Psiquiatria. Artes Médicas.
Lazure, Héléne. (1994). Viver a relação de ajuda. Lusodidacta.
Marcelli, D.; Braconnier A. (2005). Adolescência e Psicopatologia. Climepsi.
Marcelli, D.; Braconnier A. (2005). Infância e Psicopatologia. Climepsi.
Marlatt, G. A. et al. (1999). Redução de Danos. Estratégias práticas para lidar com comportamentos de alto risco. Artmed.
Ministério da Saúde (2004). Direcção Geral da Saúde.Plano Nacional de Saúde 2004-2010. Ministério da Saúde.
Ministério da Saúde (2007). Direcção Geral da Saúde.Plano de Acção 2007-2016. Ministério da Saúde.
Moreira, Paulo; Melo, Ana (2006). Saúde Mental. Do tratamento à prevenção. Porto Editora.
Neeb, K. (2001). Fundamentos de Enfermagem de Saúde Mental. Edição Lusodidacta.
O'Brien, P. G. et al (2002). Enfermagem em Saúde Mental: Uma integração da teoria e prática. McGraw-Hill.
Organização Mundial de Saúde (2001). Relatório Mundial de Saúde 2001: Saúde Mental: Nova Concepção, Nova Esperança. Ministério da Saúde.

Other Biographical Sources / Support Documents

J. Gameiro (1999). Voando sobre a Psiquiatria. Edições Afrontamento.
J. A. Flaherty et al (1990). Psiquiatria: Diagnóstico e Tratamento. Artes Médicas.
Kaplan, Sadock (1998). Compêndio de Psiquiatria Dinâmica. Artes Médicas.
American Psychiatric Association (1994). Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM IV). Washington DC: Author.
Antunes, N. Lobo (2009). Mal-entendidos. Verso da Kapa.
Brito, Luisa (2002). A saúde Mental dos Prestadores de Cuidados a familiares idosos. Quarteto.
Coimbra de Matos, A. (2004). Saúde Mental. Climepsi Editores.
Cordeiro, J. A. da S. (1999). A crise em seus aspectos morais. Cosmos.
Marcelli, D.; Braconnier A. (2000). As mil faces da adolescência. Climepsi editores.
Mackinnon, R. A. (1990). A entrevista psiquiátrica na prática clínica diária. Artes Médicas.
Moreira, P. (2001). Para uma prevenção que previna. Quarteto.
Organização Mundial de Saúde (2005). Livro de Recursos da OMS sobre Saúde Mental. Direitos Humanos e Legislação. OMS.
Ortiz, L. A., Carrasco et al (2002). Psiquiatria Geriátrica. Masson.

Student Support

Associated Links

Comments