Subject: Systematics of sport V-Volleyball

Scientific Area:

Sport

Workload:

56 Hours

Number of ECTS:

4 ECTS

Language:

Portuguese

Overall objectives:

OBJECTIVOS:

Conhecer a modalidade e a sua evolução histórica desde a sua génese aos dias contemporâneos, ao nível da organização (Mundial, Europeia Nacional e Regional), regras (voleibol e volei de praia), e meios técnico-tático estratégicos.

Dominar no âmbito teórico-prático os meios técnico-tático estratégicos do voleibol.

Reconhecer a organização do jogo em diversas fases (Ataque à recepção, contra-ataque e transição), bem como os dispositivos e os meios de cada uma das fases.

Identificar os diferentes modelos e dispositivos de jogo de menor a maior complexidade no Voleibol.

Conhecer o Voleibol de praia, a sua origem e história, a sua forma de organização, a sua estrutura formal e os seus elementos.

Syllabus:

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Os Jogos Desportivos Coletivos.

1.1. Natureza e classificação dos JDC

 

2. História do Voleibol.

2.1   As origens e evolução

2.2   Análise da evolução do jogo e tendências atuais.

 

3.Terminologia, simbologia e sinalética do Voleibol.       

3.1   Estrutura formal - as regras de jogo e sua evolução

3.1.1    O terreno de jogo e o número de jogadores

3.1.2    A fórmula de competição. (melhor de 5, pontuação até 25)

3.1.3     Os elementos técnicos do jogo (serviço, manchete, toque de dedos, remate, bloco e técnicas defensivas)

 

4 .As ações do jogo e a sua dimensão.

4.1   Técnico-tático individuais

4.2   Tático- estratégica grupal e coletiva.

 

5.  Análise da estrutura complexa do jogo.

5.1   A dinâmica do jogo

5.1.1         A noção de ?tempo? e ?espaço?.

5.2   A sistematização do jogo em ataque, contra-ataque e transição.

5.2.1    O ataque após receção ao serviço adversário.

5.2.1.1   Elementos (receção, distribuição e remate) e dispositivos (receção e ataque)

5.2.2    O contra-ataque após o ataque à receção do adversário.

5.2.2.1   Elementos (bloco, defesa, passe e remate de contra-ataque) e dispositivos (bloco e defesa)

5.2.3    A transição após o ataque à receção e após o contra-ataque

5.2.3.1   Elementos (cobertura, bloco, defesa, passe e remate) e dispositivos (cobertura).

 

6      Os sistemas de jogo

6.1   O sistema 6:0 sem especialização

6.1.1    Receção com 5 elementos em W.

6.1.2    Distribuição a partir da zona 3.

6.1.3    Remate em dois pontos (zona 2 / 4)

6.1.4    Cobertura ao rematador 2:3:

6.1.5    Bloco individual.

6.1.6    Defesa 3:1:2 (6 avançado).

6.2   O sistema de jogo 3:3 (3 universais / 3 atacantes).

6.2.1    Conceito de permuta.

6.2.2    Receção com 4 elementos em U.

6.2.3    Remate em três pontos (zona 2 / 3 / 4) com tempos diferentes.

6.2.4    Bloco duplo.

6.3   O sistema de jogo 4:2 (4 rematadores / 2 distribuidores)

6.3.1    As duas variantes com e sem penetração

6.3.2         Conceito de penetração

6.3.3    Distribuição a partir da zona 2.

6.3.4    O remate pela zona 1

6.3.5    Defesa em 3:2:1 (6 recuado).

6.4   O sistema de jogo 5:1 (5 rematadores especializados / 1 distribuidor)

6.4.1    Receção a 3 e a 2 elementos

6.4.2    O remate pela zona 6

6.4.3    Cobertura ao rematador 3:2

6.4.4    Bloco triplo

 

7      O Voleibol de Praia

7.1   História do Volei de Praia

7.1.1         As origens e evolução

7.1.2         Análise da evolução do jogo e tendências atuais.

7.2   Estrutura formal - as regras de jogo e sua evolução

7.2.1    O terreno de jogo e o número de jogadores

7.2.2    As diversas variantes e as fórmulas de competição.

7.2.3    Os elementos técnicos do jogo.

7.3   As caraterísticas diferenciadoras em relação ao Voleibol.

Literature/Sources:

Federação Portuguesa de Voleibol (2015). Técnicas do Treinador. Manual dos cursos de grau I e II da FPV.

FIVB (Federação Internacional de Voleibol) (2014). Regras Oficiais de Voleibol. FIVB.
FIVB (Federação Internacional de Voleibol) Top Volley Manual Technical Booklet.
FIVB (Federação Internacional de Voleibol). Manual de treinadores nível I.
FIVB (Federação Internacional de Voleibol). Manual de treinadores nível II.

Selinger, A., & Ackermann-Blount, J. (1986). Arie Selinger's Power Volleyball: St. Martin's Press.

 

Assesssment methods and criteria: