Disciplina: Perspetivas Culturais e Psicológicas da Família

Área Científica:

Formação Científica, Cultural, Social e Ética

HORAS CONTACTO:

80 Horas

NÚMERO DE ECTS:

7,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1 - Identificar os principais conceitos de família e a problemática inerente aos conceitos de género e de sexo;
2 - Analisar os mitos de criação e os textos filosóficos acerca das mulheres e da família, sublinhando as semelhanças e diferenças entre eles;
3 - Distinguir os conceitos de oikos, gens, familia e domus;
4 - Conhecer as caraterísticas principais da configuração jurídica e social da família;
5 - Ser capaz de interpretar os textos médicos antigos acerca da concepção, da gravidez, do nascimento e da infância;
6 - Reconhecer as influências fundamentais da doutrina cristã nas famílias;
7 - Analisar criticamente definições e configurações de família;
8 - Compreender os principais desafios que se colocam à família no séc. XXI;
9 - Identificar as transformações por que passa a família ao longo do seu processo evolutivo;
10 - Discutir e refletir sobre temáticas atuais da psicologia da família.

Conteúdos / Programa:

1 - Introdução ao estudo da família no Ocidente:
1.1 - O conceito de família;
1.2 - Os conceitos de género e de sexo;
2 - Discursos mitológicos e filosóficos sobre a criação das mulheres e da família;
3 - A família nas sociedades antigas (da Grécia Antiga ao Renascimento):
3.1 - Os conceitos de oikos, gens, familia e domus;
3.2 - A perspetiva jurídica e social do matrimónio e da família;
3.3 - A conceção, a gravidez, o nascimento e a infância nos textos de medicina;
3.4 - A influência da doutrina cristã na configuração das famílias;
4 - A família na atualidade;
4.1 - Definições e configurações;
4.2 - Estrutura e funções familiares;
4.3 - Novas formas de família;
5 - O processo evolutivo da família. Conceito de ciclo vital e suas fases;
6 - A família e o envelhecimento.

Bibliografia / Fontes de Informação:

Flemming, R. , 2000 , Medicine and the making of Roman women: gender, nature, and authority from Celsus to Galen , Oxford University Press.
King, H. , 1998 , Hippocrates' woman: reading the female body in ancient Greece , Routledge.
Neils, J., J. H. Oakley, et al. , 2003 , Coming of age in ancient Greece: images of childhood from the classical past , Yale University Press
Rawson, B. , 2011 , A companion to families in the Greek and Roman worlds , Wiley-Blackwell
Alarcão, M. , 2000 , (Des)Equilíbrios familiares: Uma visão sistémica. , Coimbra, Quarteto Editora
Relvas, A. P. , 2006 , O ciclo vital da família , Porto, Edições Afrontamento
Vieira, C. , 2006 , É menino ou menina? Género e Educação em Contexto Familiar , Coimbra: Almedina.
Silva, M. L. , 2012 , A crise, a família e a crise da família , Lisboa: FFMS
Rosa, M. J. , 2012 , O envelhecimento da sociedade portuguesa , Lisboa: FFMS
Fernandes, O.T., & Maia, C. (Eds.) , 2005 , A família portuguesa no ano séc. XXI , Porto: Parsifal

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificação: Quantitativa (0-20)

Metodologia de Avaliação:
- Aulas teóricas e teórico-práticas: apresentação e explicações orais com recurso a material de apoio (seleção de textos), recorrendo principalmente ao método analítico. Análise de textos e visualização de vídeos, seguidos de reflexão e debate. - Prova escrita (duas; 50% cada)) que permite avaliar os conhecimentos e a compreensão da matéria abordada. Também permite avaliar a expressão escrita, a capacidade de descrever, sintetizar e relacionar os diferentes conceitos.