Disciplina: Inteligência Artificial e Desenho de Jogos

Área Científica:

Informática

HORAS CONTACTO:

80 Horas

NÚMERO DE ECTS:

7,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1 - O objetivo desta unidade curricular é dar aos alunos uma amplitude de compreensão das ferramentas de Inteligência Artificial (AI) utilizadas em jogos digitais. O que envolve a aprendizagem ou reforço de tópicos básicos abordados nas disciplinas de Inteligência Artificial, com um especial enfoque em conhecimento aplicado ao contexto dos jogos digitais.
2 - Capacidade de identificar, formular e resolver problemas.
3 - Compreensão de responsabilidades profissionais e éticas.
4 - Reconhecer a necessidade, e desenvolver a capacidade de aprendizagem ao longo da vida.

Conteúdos / Programa:

1 - Introdução, visão geral, modelos de jogo de inteligência artificial, estruturas de dados, representações, complexidade e restrições.
2 - Movimento: direção, salto, movimento coordenado, controle motor.
3 - Pathfinding: gráficos pathfinding, Dijkstra, A *, pathfinding hierárquica, planeamento de movimento.
4 - Tomada de decisão: árvores de decisão, máquinas de estado, árvores de comportamento, comportamento orientado por objetivos, scripting.
5 - Tática e estratégia: táticas de waypoints, análises táticas, pathfinding tático, ação coordenada.
6 - Aprendizagem: aprendizagem da árvore de decisão, naive bayes, aprendizagem reforçada, redes neurais artificiais.
7 - Game Playing: teoria dos jogos, minimax, quadros de transposição, opening books e set plays, estratégia turn-base d.W48.

Bibliografia / Fontes de Informação:

Millington, Ian; Kaufmann, Morgan , 2009 , Artificial Intelligence for Games ,
Russel, Stuart; Norvig, Peter , 2010 , Artificial Intelligence: A Modern Approach , Prentice Hall

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificação: Quantitativa (0-20)

Metodologia de Avaliação:
Sessão de discussão. Resolução de problemas. Realização de trabalho em programação e simulação. Provas: os exames avaliam o conhecimento teórico e teórico-prático dos alunos, sobre o programa ensinado. Trabalho prático (ou projetos): o trabalho prático e projetos de avaliação visam avaliar a capacidade em aplicar conhecimento adquirido durante a aula. Prova oral: os alunos apresentam o seu trabalho prático ou projetos, e respondem a uma série de questões, na sua maioria técnicas, de forma a avaliar o grau do conhecimento. A avaliação seguirá: Teoria (40%): 2 x mini-testes; Práticas (50%): Trabalho de grupo (35%), Prova oral individual do projeto (aprovação obrigatória) (15%); Participação (10%): Não apenas estando lá, mas participando ativamente