"O quadro de professores é composto por profissionais que para além da docência dedicam grande parte do tempo às suas áreas de interesse no âmbito da biologia, e participam em projetos de investigação de relevância e de grande interesse do ponto de vista cientifico. (...)

Ana Sousa - Licenciada em Biologia em 2015 - 2016

Licenciada em Biologia em 2015 - 2016

1. Qual o seu percurso profissional após conclusão do curso?

Após a conclusão do curso de Biologia, estive a trabalhar de forma voluntária no laboratório de fitoplâncton, sediado na Estação de Biologia Marinha do Funchal, a fazer a identificação através de microscopia ótica, de microalgas marinhas, referentes a amostras colhidas no âmbito de uma campanha oceanográfica realizada ao largo da Ilha da Madeira.
Seguidamente realizei um estágio profissional através do Instituto de Emprego da Madeira, numa entidade regional de investigação marinha onde alguns trabalhos foram realizados em parceria com a Universidade da Madeira. As atividades exercidas durante o estágio foram essencialmente a observação, identificação, contagem, isolamento e cultivo de fitoplâncton, análise de nutrientes presentes na água do mar, recolha de amostras com recurso a rede de fito e zooplâncton e análise das mesmas.

2. Que aspectos da sua formação académica foram relevantes para o exercício da sua profissão?

Sem dúvida que a grande quantidade de tempo e creditação dedicada à parte prática da cada unidade curricular foi essencial para o exercício da profissão. Apesar de parecer pouco comparativamente ao que realmente se faz em contexto de trabalho, as bases adquiridas com os trabalhos de campo, práticas de laboratório e realização de relatórios são essenciais para mais facilmente iniciar um percurso profissional.

3. A quem recomendaria o seu curso?

Recomendaria o curso a estudantes interessados numa formação académica na área da biologia e das ciências da vida, pois é um curso generalista que permite obter conhecimento de muitas áreas disciplinares distintas, o que a meu ver facilitará em muito uma futura escolha da área de mestrado e/ou doutoramento.
Uma vez que realizei o curso ainda no plano académico anterior, conheci de perto as suas falhas e considero que o novo plano vem corrigir as necessidades verificadas anteriormente.

4. Porquê a Universidade da Madeira?

Relativamente ao curso de Biologia recomendo a Universidade da Madeira por diversas razões. O quadro de professores é composto por profissionais que para além da docência dedicam grande parte do tempo às suas áreas de interesse no âmbito da biologia, e participam em projetos de investigação de relevância e de grande interesse do ponto de vista cientifico. Posto isto, na minha opinião têm um maior conhecimento de causa e experiência para transmitir aos alunos.
Ao nível das infraestruturas e equipamentos de apoio às aulas práticas e laboratoriais considero que está bem preparada.
Para além destas razões a universidade está localizada numa ilha rica em diversidade, quer biológica quer de habitats protegidos, o que confere excelentes locais de estudo para realização de trabalhos de campo.
O facto da Universidade da Madeira ser uma universidade pequena é para mim um ponto positivo, pois permite a interação entre alunos de diferentes cursos o que se torna vantajoso para estender o conhecimento a outras áreas de estudo e potenciar a criação de parcerias interessantes em projetos de investigação.

A formação académica em Biologia, aborda temas fundamentais para que um futuro biólogo esteja apto a analisar o meio ambiente, de modo a poder utilizá-lo da melhor forma possível, sempre de maneira produtiva e ética.

Rubina Leça Andrade

Graduada em 2000-2001

tem um excelente campo para trabalhar, estando próxima do mar e da serra, o que que permite realizar actividades em quase todas as áreas. Sendo uma ilha tem uma componente endémica forte na formação, o que é bom para aprofundar conhecimentos em certas áreas como a botânica, entomologia

Ricardo José Sousa

Graduado em 2010-2011

Desde 2016 sou Professor Auxiliar do Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina da Universidade do Algarve. Desde 2018 exerço também funções de Diretor do Centro de Investigação em Biomedicina da Universidade do Algarve.

Clévio Nóbrega

Graduado em 2000-2001

A componente multidisciplinar da licenciatura em Biologia (pré-bolonha) permitiu-me adquirir conhecimentos diversificados e complementares entre si, constituindo no seu todo a base para o meu desenvolvimento profissional

Nuno Lopes

Graduado em 2005-2006

Fiz um Estágio profissional na Estação de Biologia Marinha do Funchal e em 2004 passei a trabalhar na Frente MarFunchal, E.M. Como bióloga responsável pela Bandeira Azul e Educação Ambiental.

Sara Ferreira

Graduada em 2002 - 2003

O quadro de professores é composto por profissionais que para além da docência dedicam grande parte do tempo às suas áreas de interesse no âmbito da biologia, e participam em projetos de investigação de relevância e de grande interesse do ponto de vista cientifico.

Ana Sousa

Graduada em 2015 - 2016