Disciplina: Botânica I

Área Científica:

Biologia

HORAS CONTACTO:

68 Horas

NÚMERO DE ECTS:

6 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

Pretende-se que o aluno se familiarize com os principais grupos de líquenes, briófitos e ptéridofitos adquirindo as competências necessárias ao reconhecimento e descrição correcta das estruturas e identificação taxonómica.
Pretende-se que o aluno adquira uma noção clara da evolução dos diferentes grupos estudados relacionando morfologia e ciclos de vida com a evolução desses mesmos grupos ao longo do tempo geológico.
Pretende-se que aluno adquira as ferramentas necessárias à identificação correcta e preservação de espécimenes.
No final desta Unidade Curricular os estudantes devem ser capazes de:
? Descrever correctamente a estrutura dos grupos de plantas estudados.
? Identificar e distinguir os diferentes grupos de plantas estudados.
? Interpretar a estrutura das plantas de acordo com a sua posição filogenética e ecologia.
? Interpretar correctamente a evolução dos ciclos de vida.
? Utilizar chaves dicotómicas e preservar e identificar espécimenes dos grupos de plantas estudados.

EDC:14738 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-02-19 06:55:35

Conteúdos / Programa:

1. História da Botânica. 
2. Evolução dos sistemas de classificação. 
3. Os líquenes.
3.1. Classificação e morfologia.
3.2. Fisiologia, reprodução e diversidade.
3.3. Ecologia e usos económicos.
4. Musgos - Bryophyta.
4.1. Ciclos de vida
4.2. Filogenia e sistemática: Anthoceropsida, Marchantiopsida e Bryopsida 
5. Fetos - Pteridophyta
6.1. Morfologia externa, ecologia e evolução, ciclos biológicos. 
6.2. Taxonomia. 
6.2.1. Psilophytopsida
6.2.2. Psilotopsida
6.2.3. Lycopodiopsida
6.2.4. Equisetopsidae
6.2.5. Filicopsida

EDC:14738 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-02-19 06:55:35

Bibliografia / Fontes de Informação:

FONT-QUER, P. Diccionario de Botanica. Ed. Labor. Barcelona.
HEDENÄS L. 1992. Flora of Madeiran Pleurocarpous Mosses. Bryophytorum Bibliotheca. Bd 44. J. Cramer. Berlin.
JAHNS, H. 1982. Guía de campo de los helechos,musgos y líquens de Europa. Barcelona.
Linnaeus, C. 1753. Species Plantarum ed. Facs. 1st edition. BMNH, London.
LORENTE, V., SÁNCHEZ, M. 2000. Guía de líquenes epífitos. Ministerio de Medio Ambiente.
MALCOLM, B., MALCOLM, N. Mosses and Other Bryophytes : An Illustrated Glossary.
PRESS, J. R. & SHORT, M. J. 1994. Flora of Madeira. NHM. London.
Stafleu, F. A. 1971. Linnaeus and the linnaeans.
STEARN, W. 1957. Linnaeus Sexual System of Classification. In Linnaeus Species Plantarum ed. Facs. 1st edition. London.
STEWART, W.N. & ROTHWELL, G.W. 1993. Paleobotany and the Evolution of Plants. 2nd Edition. Cambridge University Press.
STRASBURGER et al. 1997. Tratado de Botânica. 33ª Ed. Barcelona.

EDC:14738 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-02-19 06:55:35

Métodos e Critérios de Avaliação:

Na estratégia adoptada articulam-se a componente teórica com aulas de laboratório e trabalho de campo. Nas aulas práticas os alunos aplicam os conhecimentos obtidos no estudo de espécimenes de líquenes, musgos e fetos, o material é manuseado (realizando dissecções), observado (utilizando lupas e microscópio) e desenhado. Nas aulas de campo são treinadas técnicas de colheita e realizada a observação ?in situ? de organismos dos grupos estudados. Nas aulas laboratoriais é feito apelo constante ao conhecimento teórico, sendo ainda treinadas técnicas de preparação e observação de material (incluindo testes químicos para a identificação de líquenes).
A avaliação dos alunos inclui:
- 1 Exame escrito sobre tópicos e conceitos da teoria (50% nota final); (nota mínima 9,5 valores)
- 1 Exame prático - inclui preparação, observação, descrição e identificação de material (25%); (nota mínima 9,5 valores)
- Herbário com 40 espécimenes (25% nota final, entregue em duas partes), com entrega de livro de Caderno campo/laboratório obrigatória. (nota mínima 10 valores)

EDC:14738 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-02-19 06:55:35