Disciplina: Estudo do Meio IV

Área Científica:

Estudo do Meio

HORAS CONTACTO:

63 Horas

NÚMERO DE ECTS:

6 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1 Desenvolver a capacidade de investigar e organizar o saber sobre a Química e a Geologia, de forma sistematizada;

2 Compreender o caráter interdisciplinar do ensino experimental das ciências;

3 Conhecer conceitos e princípios básicos da Química e da Geologia, para a compreensão de fenómenos da vida diária;

4 Reconhecer o contributo da Química para o progresso tecnológico e melhoria da qualidade de vida;

5 Compreender a inter-relação entre a Química e a Geologia e outras ciências, na explicação dos fenómenos naturais, numa abordagem holística ao conhecimento científico;

6 Desenvolver a curiosidade científica;

7 Treinar o pensamento crítico, recorrendo a várias fontes de informação para a explicação dos fenómenos do meio envolvente;

8 Identificar elementos químicos e geológicos do meio envolvente e suas inter-relações;

9 Realizar atividades práticas que mobilizem saberes da Química e da Geologia, adaptando-as ao nível cognitivo dos alunos e às OCEPE e aos programas do 1º e 2º CEB.

Conteúdos / Programa:

A componente da química da disciplina é focada na assimilação de conceitos e princípios básicos da química e a sua ligação com o meio envolvente, pelo que foi dada prioridade à composição da matéria, à interação com o meio ambiente e à composição química dos seres vivos.  Dada a importância da preparação de experiências adaptadas ao uso na educação básica, são também abordadas regras de segurança laboratorial incluindo noções básicas de ética.

Bibliografia / Fontes de Informação:

Barnes, J. W. & Lisle, R. J. (2003). Basic Geological Mapping. New York: John Wiley & Sons.
Chang, R. (2010). Chemistry. New York: McGraw-Hill.
Chapman, J. L. & Reiss, M. (2000). Ecology: Principals and Applications. Ecology: Principals and Applications.
Deer, W.A., Howie, R..A. & Zussman, J. (1981). Minerais constituintes das rochas-uma introdução. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Harnung, S. E. & Johnson, M. S. (2012). Chemistry and Environment. Cambridge: Cambridge University Press.
Karen, M. W. (2009). Physical Geology Laboratory Manual. New York: Kendall-Hunt Publishing.
Martín, J. L., Archevaleta, M., Borges, P. A. V. & Faria, B. (eds.) (2008). Top 100. Las 100 especies amenazadas prioritarias de gestión en la región europea biogeográfica de la Consejería de medio Ambientes y Ordenación Territorio. N/A.
Silberberg, M. S. (2009). Chemistry, The Molecular Nature of Matter and Change. New York: McGraw-Hill..
Van Cleave's, J. (1991). Earth Science for Every Kid, John. New York: Wiley & Sons.

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificacao: Quantitativa (0-20)
Metodologia de Avaliação: As metodologias de ensino escolhidas pretendem implicar ativamente os estudantes nos processos de construção do seu próprio conhecimento. Os conteúdos teóricos serão desenvolvidos durante as aulas teóricas e postos em prática durante as atividades práticas de laboratório e de campo. Esta implicará a planificação, execução e avaliação de atividades laboratoriais e experimentais, envolvendo o aluno na execução de atividades práticas relacionadas com as vivências diárias. A avaliação dos conteúdos teóricos e práticos será feita em cada um dos módulos lecionados (química e geologia), tendo por base uma prova escrita (50%), trabalhos de grupo (40%) e ainda avaliação individual de motivação e participação nas aulas (10%), incluindo o envolvimento e responsabilidade de cada estudante no adequado funcionamento das aulas, no bom uso de material de laboratório, sua limpeza e arrumação.