Disciplina: Didática da Educação Física e Desporto III

Área Científica:

Didáctica

HORAS CONTACTO:

72 Horas

NÚMERO DE ECTS:

7,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1) Adquirir e aplicar conhecimentos didáticos no âmbito do ensino dos Desportos de Combate, Desportos na Natureza e dos Desportos de Raquete em atividades relativas à Educação Física;

2) Desenvolver uma atitude de autoanálise crítica alicerçada em variáveis decorrentes do estudo da eficácia pedagógica;

3) Planear unidades didáticas utilizando os conteúdos dos Desportos de Combate, Desportos na Natureza e dos Desportos de Raquete;

4) Desenvolver competências profissionais no âmbito da lecionação dos Desportos de Combate, Desportos na Natureza e dos Desportos de Raquete;

5) Valorizar a dimensão humana e cultural do Desporto, cultivando a competência desportiva e entusiasta.

EDC:14104 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Conteúdos / Programa:

1  - Desportos de Combate
1.1  - Contextualização das potencialidades dos Desportos de Combate no âmbito do Sistema Educativo (ensino básico e secundário).
1.1.1  - Análise crítica entre o que está plasmado no Programa Nacional de Educação Física dos diferentes níveis de ensino e a realidade das Escolas Básicas e Secundárias da Região Autónoma da Madeira.
1.1.2  - Análise das resistências que se colocam à implementação dos Desportos de Combate nas Escolas e formas de as ultrapassar.
1.2  - O ensino/aprendizagem dos Desportos de Combate (ênfase ao nível do Judo e da Luta), no que concerne:
1.2.1  - História e influências sociológicas que condicionaram a sua actual expressão. O imaginário sociocultural e a dificuldade em distinguir as Artes Marciais dos Desportos de Combate;
1.2.2  - Regulamentos e segurança da atividade como um fator decisivo na otimização do potencial dos Desportos de Combate em contexto escolar;
1.2.3  - Instalações, equipamentos e material a utilizar/adaptar sendo sempre garantidas as questões de segurança adequadas a cada situação específica;
1.2.4  - Variáveis fundamentais a equacionar no ?combate em pé? e no ?combate no solo? aprofundando a formação específica obtida ao nível da Licenciatura, através da análise contextualizada, numa perspetiva ecológica, da relação centro de massa/base de apoio e dos fatores de otimização da aplicação de forças
1.3  - Unidade(s) didáctica(s) de Desportos de Combate ?mono e poli temáticas? - vantagens e desvantagens. Contextualização em diferentes níveis de ensino e objetivos a atingir.
1.4  - Análise de situações (ênfase no diagnóstico, prescrição e controlo) em diferentes contextos, explorando as potencialidades dos ?jogos de combate? como polo atrator das dinâmicas de estudo e experimentação, relativamente ao conhecimento do eu e à relação com o outro em situações críticas (nomeadament
2  - Desportos na Natureza
2.1  - Potencialidades dos Desportos na Natureza em termos educativos e estratégias de implementação destas no Sistema Educativo
2.1.1  - Comportamentos predominantemente solicitados (compreensão da dinâmica do meio e interpretação dos indicadores do que se está a passar, montagem de estratégias adequadas e operacionalização de estratégias para responder a um problema);
2.1.2  - Dificuldades e obstáculos à implementação destas atividades na escola (saída do espaço da escola, domínio das situações, imaginários e riscos associados).
2.2  - O ensino/aprendizagem nos Desportos na Natureza no que concerne:
2.2.1  - História e evolução da conceção destas atividades e implicações na sua expressão atual;
2.2.2  - Organização, Segurança e Gestão do Risco (procedimentos, gestão de material e estratégias de intervenção do orientador aplicadas às atividades náuticas e de montanha);
2.2.3  - Instalações no contexto da escola e em contexto real, escolha e utilização dos equipamentos adequados;
2.2.4  - Variáveis fundamentais a equacionar no processo ensino aprendizagem (domínio das variáveis inerentes ao contexto, à situação e ao indivíduo e gestão destas de modo a solicitar os comportamentos pretendidos).
2.3  - Unidade(s) didáctica(s) de Desportos na Natureza mono e poli temáticas - vantagens e desvantagens. Contextualização em diferentes níveis de ensino e objetivos a atingir.
2.4  - Análise de situações típicas dos Desportos na Natureza e sua aplicação em diferentes contextos.
3.  - Desportos de Raquete
3.1  - Contextualização das potencialidades dos Desportos de Raquete no âmbito do Sistema Educativo (ensino básico e secundário).
3.1.1  - Análise Crítica relativa aos conteúdos de Desportos de Raquete plasmados nos programas de Educação Física nos Ensinos básico e secundário. A importância destes Desportos no contexto do Desporto Escolar.
3.2  - O ensino/aprendizagem dos Desportos de Raquete, no que concerne:
3.2.1  - História e influências sociológicas que condicionaram a sua atual expressão, nomeadamente o caráter elitista de algumas destas modalidades e sua transformação ao longo do tempo.
3.2.2  - Regulamentos e segurança das atividades. Formas de prevenir ou minimizar possíveis acidentes, em particular no Badminton
3.2.3  - Instalações, equipamentos e material a utilizar/adaptar. Práticas correntes e o que pode e deve ser feito em termos de adaptação às condições físicas das Escolas Básicas e Secundárias da Região Autónoma da Madeira.
3.2.4  - Variáveis fundamentais a equacionar no processo ensino aprendizagem, nomeadamente as que respeitam aos diferentes métodos e modelos de aprendizagem utilizados nos Desportos de Raquete, com particular incidência no Badmínton, suas vantagens e desvantagens; Sistematização na aprendizagem e desenvolvim
3.3  - Unidade(s) didática(s) mono e poli temáticas ? vantagens e desvantagens. Contextualização em diferentes níveis de ensino e objetivos a atingir.
3.4  - Análise de situações e aplicação prática de Unidades didáticas de Desportos de Raquete.
EDC:14104 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Bibliografia / Fontes de Informação:

Desportos de Combate

Almada, Fernando., Fernando, C., Lopes, H., Vicente, A., Vitória, M. (2008). A Rotura. A Sistemática das Actividades Desportivas. Torres Novas: Edição VML.

Gleeson, Geof (sd) Judo. Lisboa, Publicações Europa-América.

Figueiredo, A. (1998). Os Desportos de Combate nas aulas de Educação Física. Horizonte, XIV( 81), Dossier.

Lima, A. (1998) Os Desportos de Combate (DC) como matéria de Educação Física (EF) nos Ensinos Básico e Secundário, Horizonte, XV(86), pp 17-28

Lopes, H., Fernando, C., Vicente, A., Simões, J. & Prudente, J. (2012). O Processo Pedagógico ? formas expeditas de apoio laboratorial. In Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto (Eds) Desporto e Pedagogia, Formação e Investigação (pp. 83-92). Lisboa: Edição Coisas de Ler.

Vieira, M., Fernando, C., Apolinário, J. & Lopes, H. (2014). Os Desportos de Combate Enquanto Meio de Transformação do Homem. Revista da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto.1(5), 43-48.

Outros elementos de apoio bibliográfico considerados fundamentais, de acordo com a dinâmica das aulas, serão fornecidos e/ou indicados durante as mesmas.

Desportos na Natureza

Fernando, C. (2005). Estruturação das Actividades Desportivas dos Grandes Espaços ? para a micro e macro gestão. Tese de doutoramento não publicada ? UBI, Covilhã.

Almada, F., Fernando, C., Lopes, H. & Vicente, A. (2011). A Expedição ? Uma Actividade Desportiva dos Grandes Espaços. Edição VML, Torres Novas.

Fernando, C., Lopes, H. & Vicente, A., (2013). Preparing an Expedition: Performing in Uncertain Environments. 18th Annual Congress of the European College of Sport Science (ECSS) - Unifying Sport Science, (p. 525). Barcelona.

Carvalhinho, L. (2014). Desporto de natureza e turismo ativo ? Contextos e Desenvolvimento. Edição ESDRM ? IPS, Santarém.

Aercio R., Cardoso, Silva, G., Rosa, F. (2006). A educação pela aventura: desmistificando sensações e emoções. Motriz, Rio Claro, 12 (1), p.77-87.

Bibliografia específica a entregar consoante a atividade a abordar.

EDC:14104 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Métodos e Critérios de Avaliação:

Em cada um dos três módulos (Desportos de Combate, Desportos na Natureza e Desportos de Raquete), os conteúdos programáticos são abordados em sessões teóricas, teórico-práticas e práticas laboratoriais, com possibilidade de intervenção, discussão e esclarecimento de dúvidas. É incentivado o desenvolvimento de pesquisas e leituras suplementares sobre o ensino dos Desportos de Combate, dos Desportos na Natureza e dos Desportos de Raquetes, assim como a realização de planos e relatórios de prática pedagógica. É valorizada a participação dos alunos nas aulas teórico-práticas e práticas laboratoriais através do questionamento e aplicação dos conhecimentos e competências de lecionação, por isso, é exigida uma assiduidade mínima de 75%.

EDC:14104 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14