Disciplina: Métodos e Técnicas de Investigação nas Humanidades

Área Científica:

Estudos Humanísticos

HORAS CONTACTO:

64 Horas

NÚMERO DE ECTS:

7,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1 - Gerais:
1.1 - Desenvolver o conhecimento e compreensão para a aplicação de ideias e projetos originais em contexto de pesquisa.
1.2 - Desenvolver capacidades de aprendizagem, de estudo e de investigação eficientes e autónomas.
1.3 - Compreender as possibilidades dos Estudos de Cultura no âmbito das Práticas de Investigação Académica, em particular na sua interseção com os Estudos Literários.
1.4 - Conhecer e aplicar os princípios da ética no âmbito da Investigação.
2 - Específicos:
2.1 - Desenvolver competências de pesquisa científica: o gosto pela reflexão e pelo trabalho de investigação.
2.2 - Treinar a relacionação dos conhecimentos adquiridos com a adequação destes a novos contextos de pesquisa.
2.3 - Incrementar as competências de compreensão de trabalhos de natureza académica/científica.
2.4 - Fazer uso do pensamento crítico para a realização de um plano de investigação e da elaboração de um artigo científico.
2.5 - Promover a capacidade de comunicação do trabalho de investigação realizado.

Conteúdos / Programa:

1 - A investigação científica: contributos para as Humanidades: teorias, escolas e métodos divergentes
2 - Investigar nos Estudos Literários
2.1 - Os temas, os problemas, as hipóteses
2.2 - Delimitação do tema: problema, hipótese e objetivos
2.3 - Plano de pesquisa: reflexão e elaboração
2.4 - Fontes de informação, trabalho de campo e recolha de dados
2.5 - Comunicar os resultados: estilo e linguagem científica na escrita e oralidade
3 - Investigar nos Estudos Culturais
3.1 - Natureza e investigação no âmbito dos Estudos Culturais.
3.2 - A Problemática e Evolução dos Estudos Culturais - A Diversidade metodológica da área disciplinar (Os temas, os problemas, as hipóteses)
3.3 - Delimitação do tema: problema, hipótese e objetivos
3.4 - Plano de pesquisa: reflexão e elaboração
3.5 - Fontes de informação, trabalho de campo e recolha de dados
3.6 - Comunicar os resultados: estilo e linguagem científica na escrita e na oralidade

Bibliografia / Fontes de Informação:

C. Azevedo; A. Azevedo , 2004 , Metodologia científica. Contributos práticos para a elaboração de trabalhos académicos , Lisboa, Universidade Católica Editora, .
M.M. Batista (ed.) , 2009 , Cultura: metodologias e investigação , Lisboa, O Verso Edições, col. Cultura Portuguesa ? Declinações Latino Americanas,
J. Carvalho , 2009 , Metodologia do Trabalho Científico , Lisboa, Escolar Editora
C. Ceia , 2006 , Normas para a apresentação de trabalhos científicos , Lisboa, Presença
F. Cristóvão , 2001 , Método. Sugestões para a elaboração de um ensaio ou tese , Lisboa, Edições Colibri
D. Cuche , 2006 , A Noção de Cultura nas Ciências Sociais , Lisboa, Fim-de-Século
U. Eco , 1977 , Como se faz uma tese em Ciências Humanas , Lisboa, Presença
A. J. Fernandes , 2002 , Métodos e regras para elaboração de Trabalhos Académicos e Científicos , Porto, Porto Editora,
P. Friedrich (ed), , 2008 , Teaching Academic Writing , London/New York, Continuum International Publishing Group
C. Moreira , 2007 , Teorias e Práticas da Investigação , Lisboa, ISCSP
G. V. Sousa , 1998 , Metodologia da investigação, redação e apresentação de trabalhos científicos , Porto, Livraria Civilização Editora

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificação: Quantitativa (0-20)

Metodologia de Avaliação:
Em pequenos grupos e por módulos (3), participação em seminários, tutoriais, prática e discussão com seus pares, mesmo fora de suas sessões agendadas (tempo de estudo independente). As competências-chave serão desenvolvidas em pequenos grupos: lidar com as dificuldades normais das interações entre seres humanos; trabalhando em equipes; gestão de tempo e processos de forma eficaz em sala de aula e fora; ouvir as ideias dos outros com simpatia e espírito crítico; pensando criativamente e originalmente; construir sobre o trabalho existente de outros; criar e colaborar em projetos. As aulas práticas visam melhorar a compreensão dos estudantes sobre métodos de investigação científica. Assim, os estudantes têm a oportunidade de realizar experiências; lidar com exercícios de resolução de problemas; realizar pesquisa e trabalho de projeto e ter experiência em primeira mão com a teoria e os princípios aplicados. Avaliação: Recensão crítica 40%; Resumo 20%; Planificação 20%; Participação 20%