Disciplina: Gestão e Conservação dos Recursos Hídricos

Área Científica:

Produção Agrícola e Animal

HORAS CONTACTO:

57 Horas

NÚMERO DE ECTS:

4,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

Segundo o Codex Alimentarium das Nações Unidas "Pode-se definir por Agricultura Biológica o conjunto de práticas de produção agrícola, sujeitas à certificação, tendo como base a utilização primordial de recursos e insumos naturais, minimizadas a utilização de substâncias sintéticas, seja no controle de pragas, na fertilização ou na correção das características naturais dos substratos." No entanto as práticas de Agricultura Biológica não podem necessariamente garantir que os produtos sejam completamente livres de quaisquer resíduos de agrosubstancias sintéticas, devido à poluição ambiental, que irá incidir e influenciar sobre a qualidade das produções agrícolas, tendo como principais vetores o ar e a água.
Esta disciplina terá como orientação a introdução de conceitos fundamentais no âmbito da hidrologia, apresentando alternativas metodológicas para a utilização dos recursos hídricos nas produções agrícolas, e pela demonstração de como as políticas de conservação, reciclagem e uso sustentável da água podem e devem estar à base de todas as produções Agrícolas Biológicas.

Conteúdos / Programa:

1) Introdução de conceitos básicos quanto à hidrologia;
2) Considerações quanto à seleção do terreno tendo em conta a disponibilidade de recursos hídricos;
3) Discussão dos principais desafios e fatores responsáveis pelas alterações na qualidade da produção quanto à qualidade da água;
4) Apresentação e recomendação das principais metodologias analíticas no despiste de contaminações mais comuns; 
5) Indicação de técnicas e metodologias viabilizadoras da conservação, reciclagem e otimização no uso da água na produção agrícola;
6) Sistemas de armazenação e distribuição em apoio à irrigação das produções agrícolas;
7) A água como fator de integração e dinamização das comunidades agrícolas.

Bibliografia / Fontes de Informação:

01) Principles of Organic Farming: Renewing the Earth's Harvest; Publ. by Navdanya; 2004; New Delhi, India

02) Water and Sustainable Agriculture; Iván Francisco García-Tejero; 2011; Springer

03) Thirsty Planet: Strategies for Sustainable Water Management; Constance Elizabeth Hunt; 2004; St Martin's Press, LLC, 175 Fifth Avenue, New York, NY

04) International Assessment of Agricultural Knowledge, Science and Technology for Development. Agriculture at a Crossroads: Global Report; Beverly D. McIntyre and others (ed.);  2009; Washington, D.C.; Island Press.

05) Buried Clay Pot irrigation; in Agricultural Water Management J. 48(2):79­ 88; Bainbridge, D.A.; 2001

06) Buried Clay Pot Irrigation Booklet; Bainbridge, D.A.; 2006

07) Constructed wetlands for grey water treatment; Avery, L.M. et al.; 2007

08) Characteristics of grey wastewater; Eriksson, E. et al.; 2002

09) Constructed wetlands for the Mediterranean countries; Masi, F. et al.; 2007

10) Wastewater treatment by a modular, domestic-scale reedbed system; Derry, C. et al.; 2015

11) Feasibility and sustainability of fog harvesting; Batishah, A.F.; 2015

12) Fog collection in the western Mediterranean basin; Estrela. M. et al.; 2008

13) Fog water collection in a rural park in the Canary Isles; Marzol Jaen, M.V.; 2002

14) Mechanical characteristics of Raschel mesh for fog collectors; Riverera, J.D. et al.; 2015

15) Prospective use of collected fog water in the restoration of degraded burned areas; Estrela, M.J. et al., 2009

16) Temporal characteristics and fog water collection during summer in Tenerife; Marzol Jaen, M.V.; 2008

17) Comportamento Hidráulico e Ambiental de Zonas Húmidas; Ph.D. Dissert. Engenharia do Ambiente; Galvão, A.F.; Univ. Técnica Lisboa; 2009

Métodos e Critérios de Avaliação:

A avaliação será baseada na apresentação de um Estudo de Caso acompanhada de um seminário, em grupo de 2 ou 3 alunos; bem como na submissão à Frequência.

Temas de seminário serão propostos de comum acordo entre docente e discentes, tendo em consideração o conjunto de aspectos abordados pelo programa disciplinar.

  • A avaliação será baseada nas apresentações dos Estudos de Caso pelos  alunos (40%);
  • em função da capacidade de Interpretação, Síntese Rigorosa e Elaboração dos temas programáticos (10%), Clareza na apresentação do Seminário  (10%), Originalidade do Trabalho (10%), Rigor na Linguagem (5%);
  • Relatório / Memória das Atividades (25%);
  • Não poderá ser recuperado na Época Complementar nem Especial;
  • A data para Entrega de todo o Material de Redação relativamente aos seminários será acordada com os discentes.

Os grupos de alunos que não obtiverem a pontuação mínima de 15 valores no Estudo de Caso e Seminário, deverão se submeter à Frequência sendo a média final calculada segundo a ponderação: (Nota do Seminário x 2) + (Nota da Frequência x 1) / 3

Regente da Disciplina:

Egberto Melo Moreira Júnior