Disciplina: Projeto de Intervenção em Enfermagem I

Área Científica:

Enfermagem

HORAS CONTACTO:

144 Horas

NÚMERO DE ECTS:

10 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1.  - Observar ação do enfermeiros em projetos de intervenção comunitária dirigidos à população, comunidade ou grupos.
2.  - Participar em projetos de intervenção em enfermagem.
3.  - Analisar a operacionalização do trabalho por projeto, pelos enfermeiros em contextos de cuidados de saúde primários.
4.  - Identificar a estrutura e rede do SNS e de outras entidades não governamentais prestadoras de cuidados de saúde (privadas, sociais e de solidariedade) e modalidades de cuidados de saúde.
5.  - Identificar necessidades individuais e coletivas de saúde da população.
6.  - Identificar fatores que influenciam a saúde das pessoas/determinantes da saúde.
7.  - Identificar as respostas humanas aos problemas de saúde.
8.  - Identificar recursos de saúde.
9.  - Identificar e analisar as políticas de saúde ao longo ciclo vital.
10.  - Compreender o papel do enfermeiro nas várias equipas/organizações da comunidade.
ACR:2269 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-07-02 06:23:07

Conteúdos / Programa:

1.  - Observação, integração e participação em projetos de intervenção comunitária;
2.  - Observação do papel do enfermeiro nas várias equipas/organizações da comunidade;
3.  - Observação de recursos da comunidade;
4.  - Observação e análise da organização da rede e estrutura do SNS e outras entidades prestadoras de cuidados de saúde;
5.  - Identificação de necessidades de saúde da população, individuais e/ou coletivas, seus condicionantes e determinantes da saúde e das respostas humanas aos problemas de saúde utilizando o processo de enfermagem como metodologia científica de trabalho;
6.  - Identificação de recursos para a saúde pessoa/família/comunidade;
7.  - Análise das políticas de saúde ao longo do ciclo vital a partir dos projetos de intervenção comunitária onde estão inseridos
ACR:2269 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-07-02 06:23:07

Bibliografia / Fontes de Informação:

Canadian Council on Social Determinants of Health , 2015 , A Review of Frameworks on the Determinants of Health

Conselho Internacional de Enfermeiros , 2015 , Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem. , Ordem dos Enfermeiros

L. M. A. Capucha , 2008 , Planeamento e avaliação de projetos: guião prático. , DGIDC

M.G. Guedes et al , 2007 , Bolonha. Ensino e aprendizagem por projeto. , CA

S. Shokouh, M. Arab, S. Emamgholipour, A. Rashidian, A. Montazeri & R. Zaboli , 2017 , Conceptual Models of Social Determinants of Health: A Narrative Review.

World Health Organization , 2013 , The economics of the social determinants of health and health inequalities: a resource book. , World Health Organization

ACR:2269 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-07-02 06:23:07

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificação: Quantitativa (0-20)

Metodologia de Avaliação:
A aprendizagem realiza-se em ensino clínico na comunidade e os estudantes são distribuídos por áreas geográficas, em projetos de intervenção, que serão objeto de observação participativa, partilha, análise e reflexão. Conhecem e analisam a metodologia do trabalho de projeto em enfermagem e relacionam as áreas problemáticas com as políticas de saúde. As experiências de avaliação inicial conduzem à identificação de determinantes que influenciam a saúde e as respostas humanas aos problemas de saúde. As visitas de estudo permitem conhecer recursos da saúde disponíveis e os seminários complementam as necessidades de aprendizagem. Avaliação: modelo C do RAAA UMa. Um relatório de projeto (50%), prática clínica (50%). A aprovação da UC implica aprovação em todas as componentes (mínimo 9,5 val) e exige a presença em 80% das horas de contacto. Não há recuperação em épocas de recurso. A classificação final é expressa na escala de 0 a 20 valores.
ACR:2269 - dll:1.0.5.1 - updated: 2020-07-02 06:23:07