Disciplina: Modelos de Intervenção Psicológica I

Área Científica:

Psicologia

HORAS CONTACTO:

56 Horas

NÚMERO DE ECTS:

6 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1 - Situar num contexto histórico e epistemológico os principais modelos de intervenção psicológica.
2 - Adquirir e integrar conhecimentos sobre o modelo psicanalítico e o modelo sistémico de modo a construir um quadro conceptual que englobe princípios, conceitos fundamentais, técnicas e campos de aplicação.
3 - Promover uma reflexão crítica de tópicos e assuntos relacionados com os modelos de intervenção apresentados, que permita a sua compreensão e adequação às diferentes áreas e problemáticas de intervenção.

Conteúdos / Programa:

1 - Modelos de intervenção em psicologia. Quadros teóricos, objetivos e contextos. A possibilidade de uma integração.
2 - Modelo Psicanalítico: emergência e actualidade.
2.1 - Modelo psicanalítico de Freud Sigmund: pressupostos e construtos.
2.2 - Autores pós-freudianos e as suas contribuições teóricas e terapêuticas.
2.3 - A terapia psicanalítica: setting, processos e técnicas.
2.4 - Intervenções psicodinâmicas. Modalidades e técnicas.
3 - Modelo Sistémico.
3.1 - Contexto histórico , teórico e epistemológico: Teoria Geral dos Sistemas, Teoria da Pragmática da Comunicação e Teorias Cibernéticas.
3.2 - Compreensão da família e da psicopatologia/sintoma numa perspetiva sistémica.
3.3 - Tipos de intervenção sistémica (Terapia familiar e de casal; Intervenção em rede; Intervenção multifamiliar).
3.4 - Modelos de intervenção sistémicos (estrutural, estratégico, transgeracional).
4 - Intervenção psicológica em emergência e catástrofe.
4.1 - Abordagens e modelos.
4.2 - Vítimas, famílias, técnicos e comunidade.

Bibliografia / Fontes de Informação:

Ausloos, G. , 1996 , A competência das famílias. , Climepsi Editores.
Bleichmar, N. M., & Bleichmar, C. L. , 1992 , A psicanálise depois de Freud. , Artes Médicas
Greenberg, J. R., & Mitchell, S. A. , 2003 , Relações de objecto na teoria psicanalítica. , Climepsi
Matos, A. C. , 2002 , Psicanálise e psicoterapia psicanalítica , Climepsi Editores
Relvas, A. P. , 2000 , Por detrás do espelho: Da teoria à terapia com a família , Quarteto Editora.
Watzlawick, P., Beavin, J., & Jackson, D. , 1967 , Pragmática da comunicação humana. , Cultrix
Zimerman, D. E. , 1999 , Fundamentos psicanalíticos: Teoria, técnica e clínica. Uma abordagem didática. , Artmed
Leal, I. , 2005 , Iniciação às psicoterapias. , Fim de Século
Alarcão, M. , 2000 , (Des)Equilíbrios familiares: Um a visão sistémica , Coimbra: Quarteto Editora
Freud, S. , s./d. , Três ensaios sobre a teoria da sexualidade , Lisboa: Livros do Brasil

Métodos e Critérios de Avaliação:

Tipo de Classificação: Quantitativa (0-20)

Metodologia de Avaliação:
As aulas serão de cariz expositivo, com recurso a meios audiovisuais (e.g., powerpoints, vídeos), e complementadas com exercícios práticos (e.g., análise de artigos científicos e de casos fictícios). Privilegia-se a participação ativa dos estudantes dentro (através da participação ativa na aula e nos exercícios solicitados pelo docente) e fora (através do trabalho autónomo) da sala de aula. O material de suporte das aulas será disponibilizado na plataforma Infoalunos ou estará disponível na Biblioteca. A avaliação deverá ser seguir a proposta do Modelo B (cf. Regulamento de Avaliação da Aprendizagem dos Alunos da Universidade da Madeira), isto é, pelo menos uma componente de avaliação teórica ou teórico-prática (e.g., frequência com uma ponderação de 50%) e pelo menos uma componente de avaliação prática (e.g., trabalhos ou relatórios práticos com a ponderação de 50%).

Regente da Disciplina:

Dora Isabel Fialho Pereira