Mestrado em Educação e Desenvolvimento Comunitário

O ciclo de estudos orientado para a obtenção do grau de mestre em Educação e Desenvolvimento Comunitário compreende 4 semestres (2 anos letivos), sendo concedido o grau a quem nele obtiver 120 ECTS.
O mestrado em Educação e Desenvolvimento Comunitário pretende contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, com base em processos de mudança, transformação e inovação social. É seu objetivo geral criar uma rede de especialistas certificados para tarefas no domínio da formação e educação, enquanto agentes promotores de desenvolvimento integrado, assente numa cidadania ativa, em parceria com instituições com forte implantação na comunidade, designadamente, serviços públicos regionais diversos (saúde, economia, ambiente, etc.), autarquias, igreja, na concertação de estratégias de ação, numa perspetiva multidisciplinar.
A acrescer, no 1º semestre do 1º ano, os estudantes terão uma disciplina opcional, de entre duas, viradas para a Cidadania, e para as questões da Autonomia. O 1º semestre contemplará também uma disciplina de abertura à filosofia deste ciclo de estudos, designada de Educação e Desenvolvimento Regional. Além disso terá no desenho curricular do 1º semestre também uma disciplina de Metodologias de Investigação em Ciências Sociais, que preparará o estudante para o desenho, no 2º semestre, do seu Projeto de Investigação ou de Intervenção Comunitária. Consoante o Projeto seja numa ou noutra direção, o 2º ano será dedicado ou à elaboração da Dissertação ou à realização do Estágio, com momentos de reflexão partilhada em Seminário.

INFORMAÇÕES GERAIS

O ciclo de estudos orientado para a obtenção do grau de mestre em Educação e Desenvolvimento Comunitário compreende 4 semestres (2 anos letivos), sendo concedido o grau a quem nele obtiver 120 ECTS.
O mestrado em Educação e Desenvolvimento Comunitário pretende contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população, com base em processos de mudança, transformação e inovação social. É seu objetivo geral criar uma rede de especialistas certificados para tarefas no domínio da formação e educação, enquanto agentes promotores de desenvolvimento integrado, assente numa cidadania ativa, em parceria com instituições com forte implantação na comunidade, designadamente, serviços públicos regionais diversos (saúde, economia, ambiente, etc.), autarquias, igreja, na concertação de estratégias de ação, numa perspetiva multidisciplinar.
A acrescer, no 1º semestre do 1º ano, os estudantes terão uma disciplina opcional, de entre duas, viradas para a Cidadania, e para as questões da Autonomia. O 1º semestre contemplará também uma disciplina de abertura à filosofia deste ciclo de estudos, designada de Educação e Desenvolvimento Regional. Além disso terá no desenho curricular do 1º semestre também uma disciplina de Metodologias de Investigação em Ciências Sociais, que preparará o estudante para o desenho, no 2º semestre, do seu Projeto de Investigação ou de Intervenção Comunitária. Consoante o Projeto seja numa ou noutra direção, o 2º ano será dedicado ou à elaboração da Dissertação ou à realização do Estágio, com momentos de reflexão partilhada em Seminário.

DIRETOR DE CURSO

DURAÇÃO DO CURSO:

4 Semestres // 2 Anos

{{currentVideo.curso_videos_descricao}}

{{otherVideo.curso_videos_descricao}}

{{currentVideo.curso_videos_descricao}}

{{otherVideo.curso_videos_descricao}}

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Os graduados deste curso terão capacidades para exercer funções em articulação com políticas delineadas a nível local, regional, nacional e internacional, seja crítico, observador e proativo, comprometido com o desenvolvimento local em cargos com intervenção socioeducativa para o desenvolvimento comunitário; intervenção educativa local; intervenção prioritária para a coesão social, territorial e económica; projetos educativos para o desenvolvimento sustentável.

DESTINATÁRIOS

Este curso é especialemente destinado a todos os que detenham formação ao nível da licenciatura (cf. FOS 2007, ponto 5. Ciências Sociais, com especial relevo para as Ciências da Educação, Educação Social, Trabalho Social, Serviços Sociais), ou outras formações, desde que demonstrem um trabalho comunitário continuado em ONG, IPSS, ou movimentos sociais diversos (ambientais, feministas, de direitos humanos, etc.). A seleção faz-se tendo em conta os seguintes critérios: a) Classificação final da licenciatura (critério absoluto); b) Publicações e comunicações científicas no campo de Educação, Formação ou Desenvolvimento Comunitário, e/ou Estágios ou trabalhos realizados em organizações e instituições humanitárias (critério de desempate).

Omnes pro omnibus / Todos por todos / All for all

* A Consulta desta informação não invalida a consulta do Plano de Curso em Diário da República.

A Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) tem como missão garantir a qualidade do ensino superior em Portugal, através da avaliação e acreditação das instituições de ensino superior e dos seus ciclos de estudos.

Curso acreditado por 3 anos a partir de 05/05/2022. Consultar avaliação do curso >