Disciplina: Ética e Deontologia Profissional Docente

Área Científica:

Educação

HORAS CONTACTO:

43 Horas

NÚMERO DE ECTS:

4 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

1. Analisar a dimensão ética do ato educativo e a importância da leitura do mundo e da leitura da palavra no pensamento freiriano;

2. Compreender a abordagem ecológico-sistémica do ato educativo;

3. Distinguir ética de moral;

4. Potenciar um discurso crítico e reflexivo sobre a profissionalidade docente;

5. Reconhecer distintos modelos de profissionalidade docente;

6. Refletir sobre a profissionalidade docente nos processos de transitoriedade social;

7. Assumir o desempenho profissional docente como componente política, social e ética;

8. Analisar a dimensão ética e estética dos saberes necessários à prática educativa na perspetiva freiriana;

9. Compreender o ciclo de vida profissional dos professores;

10. Compreender o potencial do professor-reflexivo na renovação das representações da escola e na dimensão ideológica que a corporifica.

EDC:14067 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Conteúdos / Programa:

1. A Ética, a Moral e a Deontologia.

2. A educação como dimensão política.

3. A escola como aparelho ideológico do Estado.

4. Os modelos de profissionalidade docente.

5. O ciclo de vida profissional dos professores.

6. A leitura do mundo e a leitura da palavra na conceção ética de educação em Paulo Freire.

7. O processo de conscientização como prática libertadora do ato educativo.

8. O professor reflexivo e a transitoriedade social.

9. Os saberes necessários à profissionalidade docente.

10. O perfil geral de desempenho profissional do professor numa abordagem ecológico-sistémica.

EDC:14067 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Bibliografia / Fontes de Informação:

Azevedo, Joaquim. (1999). Voos de borboleta. Escola, trabalho e profissão. Porto: Edições ASA.

Bruner, J. (1998). O Processo da educação. Lisboa: Edições 70.

Costa, Jorge Adelino. (2003). Imagens organizacionais da escola. (3rd ed.). Porto: Edições ASA.

Fraga, Nuno & Carvalho, Sílvia. (2011). A inteligência moral num processo de (des)construção dos projetos de liderança(s). Entre o pensar e o agir como gestão estratégica. Revista Iberoamericana de Educación, II (55), 159-172. (Cf. http://www.rieoei.org/rie55a06.pdf)

Fraga, Nuno. (2011). Recensão da obra ?Política e Educação?, de Paulo Freire [1993]. Lisboa: Observatório das Políticas de Educação e Formação, em http://www.op-edu.eu/pages/posts/a-href-link-freire-paulo.-1993.-politica-e-educacao.-sao-paulo-cortez-editora.a95.php

Freire, Paulo. (1993). Política e Educação. São Paulo: Cortez Editora.

Freire, Paulo. (2003). Professora Sim, Tia Não. Cartas a quem ousa ensinar (13.ª ed.). São Paulo: Editora Olho d?Água.

Freire, Paulo. (2009). Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários à prática educativa (39.ª ed). São Paulo: Paz e Terra.

Goleman, Daniel. (2014). Foco. O motor oculto da excelência. Lisboa: Círculo de Leitores.

Goleman, Daniel., Boyatzis, Richard., & McKee, Anne. (2007). Os novos líderes. A inteligência emocional nas organizações. (3.ª ed.). (E. Rocha, Trad.) Lisboa: Gradiva.

Mialaret, Gaston. (1991). A Formação de Professores. Coimbra: Livraria Almedina.

Morgado, J. C. (2005). Currículo e Profissionalidade Docente. Porto: Porto Editora.

Nóvoa, A. (Org.). (2013). Vidas de Professores. (2.ª ed.). Porto: Porto Editora.

Santos Guerra, Miguel. (2003). No coração da escola. Porto: Edições ASA.

Sousa, Jesus. (2000). O Professor como Pessoa. Porto: Edições ASA.

EDC:14067 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14

Métodos e Critérios de Avaliação:

No que diz respeito à avaliação da aprendizagem dos alunos, além da observação direta da participação de cada um nas dinâmicas da sala de aula, a sua avaliação baseia-se na capacidade de busca autónoma de informação, fundamentação teórica e apresentação formal de um trabalho individual escrito, com um formato de artigo académico e a sua apresentação oral à turma. São critérios dessa avaliação do trabalho escrito:

1. Requisito necessário para uma avaliação positiva: correção ortográfica e sintática (4 valores).

2. Aprofundamento teórico demonstrativo de leitura de textos originais e da obra em análise (5 valores).

3. Tomada de posição crítica fundamentada (4 valores).

4. Estilo académico de artigo formal, no respeito pelas Normas APA - 6.ª edição (3 valores).

5. Qualidade dos trabalhos desenvolvidos em sala de aula e que são corpo dos apêndices de cada artigo. (4 valores).

Trabalho individual escrito em formato de artigo académico (50%)

Apresentação oral do trabalho (50 % )

EDC:14067 - dll:1.0.5.1 - updated: 2019-08-07 07:49:14