Disciplina: Gestão e Conservação dos Solos

Área Científica:

Produção Agrícola e Animal

HORAS CONTACTO:

57 Horas

NÚMERO DE ECTS:

4,5 ECTS

IDIOMA:

Português

Objetivos Gerais:

Identificar os tipos de solo e selecionar o tipo de mobilização do solo adequada à preparação do terreno para cultivo;

Analisar e diagnosticar os solos e suas carências nutritivas;

Avaliar a importância dos correctivos orgânicos e da correcção do pH do solo;

Calcular as quantidades de correctivos orgânicos e/ou minerais a a aplicar no solo;

Apurar sobre a produtividade e fertilidade de um solo de acordo com a caracterização do seu perfil;

Diagnosticar a necessidade de fertilização, definir as medidas ecológicas a adoptar na aplicação dos adubos e avaliar os seus efeitos;

Descrever e identificar a origem e tipo de erosão, calcular os prejuízos causados pela erosão e aplicar métodos e técnicas de conservação do solo;

Dominar as operações culturais associadas à instalação, manutenção e aproveitamento de uma cultura forrageira ou de culturas com diferentes especificidades;

Desenvolver capacidades para reflectir sobre os conhecimentos de pedologia e produtividade do solo e valorizar a sua aplicação na práctica agrícola;

Desenvolver capacidades para interpretar, avaliar, decidir e intervir responsavelmente em situações relacionadas com a futura actividade profissional;

Desenvolver e demonstrar iniciativa, autonomia e hábitos de trabalho.

Conteúdos / Programa:

Conteúdos teóricos:

1. Noções básicas de Pedologia aplicadas à Agricultura Biológica: Solos agrícolas; Estrutura e Constituição; Tipo de solos da RAM;

2. Nutrição mineral de plantas: Elementos minerais essenciais; Papel na fertilidade dos solos; Funções na nutrição das plantas;

3. Funções dos microrganismos na manutenção da fertilidade dos solos; 

4. Análise química dos solos e Delineamento de correcções do solo;

5. Fertilização: Noções básicas de adubações orgânicas e minerais; Diagnóstico dos solos e recomendações de fertilização; Fertilizantes recomendados; Utilização de fertilizantes em agricultura biológica; Adubos verdes; Plantas indicadoras de qualidade do solo;

6. Gestão do solo: Erosão e conservação de solos; Poluição dos solos; Riscos de poluição e contaminação ambiental; Diagnóstico e prevenção; Metodologias de conservação de solos; Uso e sustentabilidade do solo;

7. Rotatividade de culturas; Consociações; Cobertura de solos.

Conteúdos Aplicados: Actividades laboratoriais e de campo relacionadas aos tópicos de Gestão e conservação dos solos

Bibliografia / Fontes de Informação:

Costa, A.S.V. (1988). Elementos sobre Fertilidade do Solo e Fertilização. Lisboa: Edição do Direcção Geral de Planeamento e Agricultura, 1988.

Costa, J.B. (1973). Caracterização e Constituição do Solo. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

De Varennes, A. (2003). Produtividade dos Solos e Ambiente. Escolar Editora. Lisboa.

Ferreira, J. (2009). As Bases da Agricultura Biológica. Tomo I. Produção Vegetal. EDIBIO, Edições, Lda, 531 pp.

Indrio, F. (1995) Agricultura Biológica. Mem Martins: Publicações Europa América.

Mengel, K.E., Kirby, E.A. (1987). Principles of plant nutrition. 4ªEd. International Potash Institute. Berna.

Rodet, J.C. (2004). Agricultura Biológica, Uma Opção Inteligente. Lisboa: Luís F. Freitas.

Santos, J.Q. (1996). Fertilização. Fundamentos da utilização de adubos e correctivos. Publicações Europa-América. Lisboa.

Métodos e Critérios de Avaliação:

Apreciação qualitativa do desempenho individual e colectivo;

Avaliação sumativa;

Frequências teórico-práticas.

 

Regente da Disciplina:

Wellma Nascimento Pedra