Pretende ingressar neste curso?

Encontram-se abertas candidaturas para este curso.
Inscreva-se agora.

Saber mais

CTESP em Proteção Civil

O Curso Técnico Superior Profissional em Proteção Civil (nível 5) tem por objetivo formar técnicos capazes de desenvolver, de forma autónoma ou integrados em equipas de distintas índoles, funções técnicas de âmbito: da gestão de ocorrências, do planeamento das operações de Proteção Civil, da elaboração de planos de emergência, da avaliação e monitorização de riscos, de apoio à realização de vistorias na área da Segurança Contra Incêndios em Edifícios, da execução de exercícios de Proteção Civil, de comunicações de emergência e da realização de ações de sensibilização nas distintas áreas de Proteção Civil.

INFORMAÇÕES GERAIS

+

CÓDIGO DGES:

1321/T220 (INSTITUIÇÃO/CURSO)

DURAÇÃO DO CURSO:

4 semestres / 2 Anos

NÚMERO DE VAGAS:

24 VAGAS DISPONÍVEIS - Candidaturas aos CTeSP - 2020/21

O Curso Técnico Superior Profissional em Proteção Civil (nível 5) tem por objetivo formar técnicos capazes de desenvolver, de forma autónoma ou integrados em equipas de distintas índoles, funções técnicas de âmbito: da gestão de ocorrências, do planeamento das operações de Proteção Civil, da elaboração de planos de emergência, da avaliação e monitorização de riscos, de apoio à realização de vistorias na área da Segurança Contra Incêndios em Edifícios, da execução de exercícios de Proteção Civil, de comunicações de emergência e da realização de ações de sensibilização nas distintas áreas de Proteção Civil.

DIRETOR DE CURSO

CÓDIGO DGES:

1321/T220 (INSTITUIÇÃO/CURSO)

REGISTO DGES:

AEF 861 R/CR 14/2020

DURAÇÃO DO CURSO:

4 semestres / 2 Anos

NÚMERO DE VAGAS:

24 VAGAS DISPONÍVEIS - Candidaturas aos CTeSP - 2020/21

SAÍDAS PROFISSIONAIS

Gestor/Técnico de Ocorrências;
Auditor/Consultor de segurança.

DESTINATÁRIOS

Podem candidatar-se:

- Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
- Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas para o curso em causa;
- Podem igualmente candidatar-se os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior.

cofinanciado por: