Menu

Psicologia da Percepção, Atenção e Memória - Psicologia - Sem Ramos - Especialidades


7.5
ECTS / UC
Ano: 2 / 1º Semestre
Plano: 2015/16
Área Científica: PSI
Nível: Licenciatura

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico: 32.00
Ensino Teórico-Prático: 48.00
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo:
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Psicologia - Sem Ramos - Especialidades 2015/16

Corpo Docente

Maria Luísa Pereira Soares
Maria Luísa Pereira Soares


Responsabilidades:
Regência
Responsável pelas Pautas
Ensino teórico
Ensino teórico-prático

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

1. Explicar o papel da atenção, percepção e memoria no desenvolvimento humano

2. Descrever e compreender as diferentes áreas de aplicação da atenção, percepção e memória no estudo do comportamento.

3. Reflectir criticamente sobre os conteudos programáticos na compreensão do comportamento humano.

 

Critérios de avaliação

 Na unidade curricular de Psicologia da atenção, perceplção e memória far-se-á recurso às metodologias expositivas e expositivo/ interrogativo e algumas metodologias activas. 

Avaliação: 1 prova (50%), onde se avaliará a capacidade de integração dos conteúdos, rigor teórico conceptual e reflexão crítica. Incluirá trabalhos práticos (50%), para aprofundar operacionalizar diferentes perspetivas sobre um tema. Para além de efetuarem uma apresentação à turma, deverão ser capazes de, com supervisão, elaborar um poster sobre o tema estudado. Para a frequência existe um mínimo 75% de assiduidade.

 

Programa resumido (ver programa detalhado)

Bibliografia Principal

Albuquerque, E.,P.,V.,B., (2001). Memória Implícita e Processamento do Sublimiar à formação de imagens. Braga: Centro de Estudos em Educação e Psicologia, Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho.

Caldeira, P. & Ferreira, A. (2007). Psicologia Cognitiva: Um Laboratório Simples. Lisboa: Climepsi

Engelmann, A. (2002). A Psicologia da Gestalt e a Ciência Empírica Contemporânea. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Vol. 18 n. 1, 001-016. Eysenck, M. W. & Keane, M. T. (2005). Cognitive psychology: a student's handbook. Psychology Press. ISBN 1841693596, 9781841693590 

Galotti, K.M., Fernandes, M., Fugelsang, J., Stolz, J. (2009). Cognitive Psychology: In and Out of the Laboratory. USA: First Canadian Edition. Lorayne. H. (1986). Como ter uma memória superpoderosa. Rio de Janeiro: Distribuidora Record de Serviços de Imprensa, S.A . Miller, G. A. (2003). The cognitive revolution: a historical perspective. TRENDS in Cognitive Sciences. Vol. 7, nº 3.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

Serviço de Psicologia da Universidde da Madeira: http://scp.uma.pt/?IDM=PT&

Atendimento

Links associados

Observações