Menu

Enfermagem III: Enf. do Adulto e Geronte I (ed. 2011/12) - Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades


6.0
ECTS / UC
Ano: 2 / 1º Semestre
Plano: 2011/12
Área Científica: ENF
Nível: Básico

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico:
Ensino Teórico-Prático: 64.00
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo:
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades 2011/12

Corpo Docente

Alexandra Paula Costa Freitas
Alexandra Paula Costa Freitas


Responsabilidades:
Ensino teórico-prático
Otília Maria da Silva Freitas
Otília Maria da Silva Freitas


Responsabilidades:
Regência
Responsável pelas Pautas

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

1 Compreender a individualidade do ser humano nas etapas do ciclo vital, adulto e geronte.

2 Compreender os estados de dependência/independência ao nível das necessidades humanas básicas.

3 Desenvolver competências cognitivas, técnicas e relacionais para a tomada de decisão e intervenção de enfermagem ao adulto e geronte com alterações de saúde do foro médico-cirúrgico.

4 Compreender a resposta adaptativa da pessoa adulta e idosa ao processo saúde/doença aos diferentes contextos de vida.

Critérios de avaliação

Tipo de Classificacao: Quantitativa (0-20)
Modelo de Avaliação: B
Metodologia de Avaliação: 1 Frequência: o aluno demonstra a compreensão da informação adquirida. Dá uma definição por palavras próprias, resumindo, apresentando um exemplo original, reconhecendo um exemplo, entre outros. 1 Trabalho de síntese: o aluno recolhe informações de várias fontes e criar um relatório exclusivamente seu ou do grupo. Este relatório pode revelar-se sob forma escrita e oral. 1 Prova prática: o aluno aplica a informação/conhecimento, realizando actividades concretas. Demonstra o saber técnico e estético apreendido/desenvolvido.

Programa resumido (ver programa detalhado)

Bibliografia Principal

Brunner & Suddarth (1999). Tratado de enfermagem médico-ciruúgica. Guanabara Koogan.
Adminstração Central do Serviço de Saúde (2008). Manual de Normas de Enfermagem. Procedimentos técnicos.. Ministério da Saúde.
Brunner & Suddarth (1999). Tratado de enfermagem médico-ciruúgica. Guanabara Koogan.
Grodner, Michele, Anderson, Sara L. Deyoung, Sandra (2000). Foundations and clinical applications of nutricion a nursing approach.. Mosby.
Lynn, Dianne Phillips (2001). Manual de terapia intravenosa.. Artmed.
Ordem dos Enfermeiros (2005). Classificação Internacional para a prática de Enfermagem. Versão 1.0.. Ordem dos Enfermeiros.
Potter Patricia, A. Perry, Anne G. (1997). Fundamentos de Enfermagem; conceitos, processo e prática.. Guanabara Koogan.
Sullivan L. (2000). Manutenção do equilíbrio hídrico e electrolítico- abordagem Psicofisiológica.. Lusodidacta.
Wilma J. Phipps, Judith K. Sands, Jane F. MareK (2003). Enfermagem médico-cirúrgica: Conceitos e pratica clínica.. Lusociência.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

Twycross Robert (2001). Cuidados paliativos.. Climepsi.
Phaneuf Margot (2000). O acompanhamento sistematico das clientelas: Um sistema de prestação de cuidados. Associação de Enfermeiros Especialistas em Enferm.

Atendimento

Links associados

Observações