Menu

Prática Clínica II: Prática de Cuidados Hospitalares ao Adulto e Geronte (ed. 2011/12) - Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades


15.0
ECTS / UC
Ano: 2 / 2º Semestre
Plano: 2011/12
Área Científica: ENF
Nível: Básico

Carga Horária Semestral

Ensino Teórico:
Ensino Teórico-Prático:
Ensino Prático e Laboratorial:
Trabalho de Campo: 288.00
Seminário:
Estágio:
Orientação tutorial:

 

Horas Dedicadas a Estágios:
Horas Dedicadas a Projectos:
Horas Dedicadas a Trabalhos no Terreno:
Horas Dedicadas a Estudo:
Horas Dedicadas a Avaliação:
Outras:

Cursos onde é leccionada a disciplina

Curso - Ramo Ano Plano
Enfermagem - Sem Ramos - Especialidades 2011/12

Corpo Docente

Alexandra Paula Costa Freitas
Alexandra Paula Costa Freitas


Responsabilidades:
Trabalho de campo
Isabel Maria dos Santos Carvalho Gomes da Silva
Isabel Maria dos Santos Carvalho Gomes da Silva


Responsabilidades:
Trabalho de campo
Otília Maria da Silva Freitas
Otília Maria da Silva Freitas


Responsabilidades:
Regência
Responsável pelas Pautas
Teresa Maria Soares Espírito Santo
Teresa Maria Soares Espírito Santo


Responsabilidades:
Trabalho de campo

Ficha da disciplina

Objectivos da disciplina

1 Prestar cuidados de enfermagem a utentes adultos e idosos com afecções do foro médico-cirúrgico, aplicando os princípios fundamentais de metodologia e técnicas de intervenção em Enfermagem.

2 Desenvolver habilidades técnicas e relacionais na prática de cuidados de Enfermagem ao indivíduo em situação de doença, em contexto hospitalar.

3 Planear a Prática Clínica em função das suas necessidades e expectativas.

4 Relatar a aprendizagem.

5 Elaborar um estudo de caso.

Critérios de avaliação

Tipo de Classificacao: Quantitativa (0-20)
Modelo de Avaliação: C
Metodologia de Avaliação: O estudante desenvolve o seu projecto de aprendizagem, prestação de cuidados a adultos e idosos com afecções médico-cirúrgicas, sob orientação directa do professor e de um tutor. O projecto, orientado pelos objectivos educacionais, é individualizado de acordo com as necessidades e expectativas do estudante. De entre as situações que experiência na prática clínica, o estudante elabora um estudo de caso onde fundamenta e advoga uma prática baseada na evidência.

Programa resumido (ver programa detalhado)

Bibliografia Principal

Biscaia, A. R.; Martins, J. N.; Carreira, M. F. L.; Gonçalves, I. F.; Antunes, A. R. e Ferrinho, P. (2006). Cuidados de Saúde Primários: reformar para Novos Sucessos.. Padrões Culturais Editora.
McKenzie James F., Neiger Brad L. ,Smmeltzer Jan L. (2005). Planning, implementing, and evaluating health promotion programs.. Pearson Benjamin Cummings.
Potter Patrícia A., Perry Anne Griffin (2006). Fundamentos de enfermagem; conceitos e procedimentos.. Lusociência.
Clark, Mary Jo (2003). Community Health Nursing . Caring for Populations. Prentice Hall.
Ferreira, F. A.Gonçalves (1999). História da saúde e dos serviços de saúde em Portugal.. Fundação Calouste Goulbenkian.
Ministério da Saúde (2004). Plano Nacional de Saúde: orientações estratégicas.. Ministério da Saúde.
Moreno, A. Sánchez et all (2000). Enfermería comunitaria: concepto de salud y factores que la condicionan.. Mcgraw-hill..
Administração Central do Serviço de Saúde (2011). Manual de normas de enfermagem. Procedimentos técnicos.. Mistério da Saúde.
Baldwin Katheleen M. e outros. (2005). Feridas.. Guanabara Koogan.
Baranoski Saharon, Ayello Elisabeth A. (2004). O essencial sobre o tratamento de feridas. Princípios práticos.. Lusodidata.
Barón M. González e outros (s.d.). Tratado de medicina paliativa y tratamiento de soporte en el enfermo con câncer.. Panamericana.
Burke Karen, Lemone Priscilla (2004). Medical surgical nursing. Critical thinking in client care.. Pearson.
Brunner & Suddarth (1999). Tratado de enfermagem medico-cirurgica.. Guanabara Koogan.
Carpenito L. J. (2002). Planos de Cuidados de enfermagem e documentação: diagnósticos de enfermagem e problemas colaborativo. Artmed.
Corbett Jane Vicent, e outros (2000). Laboratory tests and diagnostic procedures.. Prentice hall health.
Doenges M.E., Moorhouse M. F., Murr,A. C. (2002). Nursing care plans: guidelines for individualizing patient care.. F.A. Davis Company.
Grodner Michele, Anderson Sara L. , Deyoung Sandra (2000). Foundations and clinical applications of nutrition a nursing approach.. Mosby.
Hegstad Lorrie N., Hayek Wilma (2000). Essential drug dosage calculations.. Prentice Hall.
Lynn Dianne Phillips (2001). Manual de terapia intravenosa.. Artmed.
International council of nurses (2001). Classificação Internacional para a prática de Enfermagem. Versão 2.0. Ordem dos Enfermeiros.
Otto Shirley (2000). Enfermagem oncológica.. Lusociência.

Outras Fontes Bibliográficas / Documentos de Apoio

Atendimento

Links associados

Observações